Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Menos Um Carro

Blog da Mobilidade Sustentável. Pelo ambiente, pelas cidades, pelas pessoas

Menos Um Carro

Blog da Mobilidade Sustentável. Pelo ambiente, pelas cidades, pelas pessoas

Lisboa tem muito trânsito... há 28 anos

MC, 17.09.09

E mais uma música, esta de 1981 de Adelaide Ferreira onde ela já se queixava das horas de ponta e que "Lisboa tem muito trânsito".

Reparem na data, 1981! 28 anos depois, dezenas de túneis depois, centenas de quilómetros de auto-estradas e vias-rápidas depois, vários alargamentos de ruas (e diminuição de passeios) depois, vários parques de estacionamento depois, não consta que a situação esteja melhor. Eu diria que até está pior.

 

Melhor sorte tem o Joe Dassin da música anterior, que vive em Paris onde já se percebeu há  anos que a solução é exactamente a oposta da que é feita em Lisboa: tornar a vida mais difícil ao automóvel. Em Paris houve redução do estacionamento à superfície, redução das faixas de rodagem, eliminação de uma via-rápida no centro, criação de ciclovias e bicicletas públicas. E a diferença está bem à vista.

 


Em dia de música e boas notícias, mais uma excelente para o Norte do país. O PROT da região Norte prevê a criação de ferrovia entre Braga e Guimarães, duas cidades  em forte crescimento e cada vez mais próximas (têm uma universidade em comum) mas com uma vergonhosa ligação em transportes públicas. E esta não é a única ligação ferroviária prevista. A ler no Moving People.

 

Hino à Biciclieta: em Paris ultrapassam-se os carros de bicicleta

MC, 17.09.09

E porque estamos com música, esta mereceu uma das primerias postas do blogue, mas na altura sem youtube. Agora aqui fica a música, o video e a letra em português.

A música é um bocado "pateta" mas fica no ouvido. Pessoal da Massa Crítica/Bicicletada que tal esta canção para o "nosso hino"?

 

 

Joe Dasin - La Complainte De L'heure De Pointe (A Queixa da Hora de Ponta)

 

Dans Paris à vélo on dépasse les autos (Em Paris de bicla ultrapassa-se os carros)
À vélo dans Paris on dépasse les taxis (De bicla em Paris ultrapassa-se os taxis)

Place des fêtes on roule au pas (Place des Fêtes rola-se a passo)
Place Clichy on ne roule pas (Place Clichy não se rola)
La Bastille est assiégée (A Bastille está cercada)
Et la République est en danger (A République está em perigo)

L'agent voudrait se mettre au vert (O guarda quer ir para o campo)
L'Opéra rêve de grand air (A ópera sonha com o ar livre)
À Cambronne on a des mots (Na Cambronne há troca de palavras)
Et à Austerlitz c'est Waterloo (Em Austerlitz há Waterloo)

 


E uma boa notícia de São Paulo. Os activistas da bicicletada local há muito que tinham baptizado a praça de onde a bicicletada parte, como a Praça do Ciclista. A câmara até já tinha aceite o nome entretanto e agora chegaram as placas (via Apocalipse Motorizado)

Parabéns amigos paulistas! (por acaso não sei se o TA é de SP...)

O (verdadeiro) preço da gasolina

MC, 04.11.08

Price of Gas - Bloc Party

 

I've been driving, a mid sized car,
I never hurt anyone
Is that a fact?
The price of gas keeps on rising
Nothing comes for free
Make like a stone, make like a plant
I can tell you, how this ends

We're going to win this
With spades and truncheons, guns and trowels
That is how the war will be won
Just swat the fly
Taking care of cars and bodies
Nothing ever comes for me
The ghosts are here, red white and blue

I can tell you how this ends
We're going to win this

 

video não-oficial

 


A ler: "O risco de andar distraído nos passeios de Lisboa" por  José Vítor Malheiros