Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Menos Um Carro

Blog da Mobilidade Sustentável. Pelo ambiente, pelas cidades, pelas pessoas

Menos Um Carro

Blog da Mobilidade Sustentável. Pelo ambiente, pelas cidades, pelas pessoas

32 meses de cadeia por homicídio ao volante

MC, 25.01.11

Um camionista português foi condenado a 32 meses de prisão por condução perigosa e subsequente acidente, homicídio de uma pessoa e ferimentos graves noutra. Pequeno detalhe da notícia, isto ocorreu no Reino Unido. Já há dois anos os media portugueses faziam uma cobertura sobre um outro condutor português que matou 6 no Reino Unido e que ia para a prisão, sempre com um tom de empatia para com o homicida.

Por cá, uma pessoa ao volante nunca tem culpa de nada aos olhos da sociedade e da Justiça. Por isso, boas notícias como esta só nos chegam de fora.

 

.......................................................

Uma dica bem mais positiva para os lisboetas: a página Lisboa Ciclável da CM tem um mapa com vários postos de venda e reparação de bicicletas em Lisboa. Basta ir a Pesquisas (terceiro símbolo no canto superior esquerdo) e depois Venda e Reparações de Bicicletas.

A linha do Tua chega ao grande ecrã

TMC, 13.10.09

     Pare, Escute, Olhe

 

 

      

 

Jorge Pelicano

 

   Portugal, 2009, 105’

      

Dezembro de 1991: uma decisão política encerra metade da linha ferroviária do Tua, entre Bragança e Mirandela. 15 anos depois, essa sentença amputou o rumo do desenvolvimento, acentuou as assimetrias entre o litoral e o interior de Portugal. Agora, o comboio é ameaçado por uma barragem. Pare, Escute, Olhe é uma viagem através de um Portugal esquecido, vítima de promessas políticas oportunistas.

 

DOC LISBOA  http://www.doclisboa.org/
18 OUT 23h00, LONDRES – 2
19 OUT – 18h30, CULTURGEST - Grande Auditório


 

É salutar o aparecimento de uma longa metragem sobre a temática dos transportes e do modo como eles podem induzir (ou não) justiça social e coesão ao território. É por isso muito bem-vinda esta obra do realizador Jorge Pelicano à pseudo-faustosa capital do país, centro das decisões ministereais e da nata intelectual, tão alheada e tão caviar quanto se queira.

 

Se puderem assistir, comprem o bilhete com antecedência porque costuma esgotar num ápice.

 

Para um historial das publicações no blog sobre a linha do Tua:

 

13 de Setembro de 2009

1 de Setembro de 2009 (#1)

1 de Setembro de 2009 (#2 e com vídeo)

28 de Julho de 2009

2 de Abril de 2009

9 de Setembro de 2008

      

 


Matar um peão numa passadeira é menos grave do que falsificar notas escolares

MC, 07.02.08
Se prova ainda não houvesse que o peão é tratado abaixo de cão na nossa sociedade, aqui fica uma:
Homicídio de uma criança de 11 anos que atravessava a passadeira: 18 meses de prisão (suspensos)
Falsificação de notas dos exames do secundário: 36 meses de prisão (suspensos)
A única boa notícia aqui é que ao menos houve um tribunal que condenou um homicida ao volante, quando há inúmeros casos em que nem uma condenação acontece.

Nota: Eu tenho horror à defesa de longas penas de prisão (tenho muito orgulho por termos um dos limites máximos de prisão - 25 anos - mais baixos do mundo), por isso não estou aqui a defender penas de 10 anos. Também sou alérgico a comparações demagógicas e maniqueístas de decisões judiciais que apenas olham para a contabilidade dos meses na prisão. Mas por mais voltas que se dê, é impossível compreender como é que os homicidas ao volante (e os potenciais homicidas também) são tratados com tanta complacência.