Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Menos Um Carro

Blog da Mobilidade Sustentável. Pelo ambiente, pelas cidades, pelas pessoas

Menos Um Carro

Blog da Mobilidade Sustentável. Pelo ambiente, pelas cidades, pelas pessoas

Bruxelas

MC, 03.03.08
Acabo de chegar de Bruxelas, onde pude verificar que o programa de incentivo da bicicleta por parte da Câmara (bicicletas públicas, algumas ciclovias, muitos parques de bicicletas, prioridade para as bicicletas nos semáforos - as bike boxes, autorização para as bicicletas circularem em ruas ou em sentidos de trânsito proibidos aos carros, etc...) começa lentamente a ter bons resultados!
Bruxelas tem os mesmos problemas que Lisboa e Porto para a bicicleta: cidade caótica, durante muito tempo pensada para o automóvel, avenidas transformadas em vias-rápidas, trânsito pouco civilizado e... relevo. Claro, não tem a colina do Castelo ou do Bairro Alto, nem a Ribeira mas são pouquíssimas as zonas da cidade realmente planas, e a inclinação na grande maioria da cidade é muito semelhante a Lisboa e Porto. O que fazem os ciclistas, cujo número aumenta de mês para mês, nas subidas? Mudam a mudança (essa inovação tecnológica de ponta que parece desconhecida em Portugal), e sobem mais devagar! Na foto uma rua onde havia várias bicicletas a circular. A perspectiva não é a melhor, mas pela montra no lado esquerdo dá para ter uma noção da inclinação.



Deixem-se de desculpas: Lisboa e Porto só não são cidades cicláveis, porque não queremos.

Outro pormenor curioso: foi nas zonas mais ricas e zonas de escritórios da cidade que vi mais bicicletas. Lá, como cá, a bicicleta é "para pobres" e quem tem vergonha de parecer pobre não anda de bicicleta. E depois há quem não ligue...
Ah, e a grande maioria dos ciclistas eram trintões e quarentões, muitas mulheres e muitas bicicletas dobráveis (mais do que alguma vez tinha visto, provavelmente para combinar com os transportes que aparentemente não levam as normais).

3 comentários

Comentar post