Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Menos Um Carro

Blog da Mobilidade Sustentável. Pelo ambiente, pelas cidades, pelas pessoas

Menos Um Carro

Blog da Mobilidade Sustentável. Pelo ambiente, pelas cidades, pelas pessoas

E outra vez

MC, 22.07.10

Todos os anos temos uma série de eventos que são destacados na imprensa por... as pessoas não conseguirem chegar até eles. Esta semana tivemos o concerto do Prince, onde houve várias horas de trânsito, carros estacionados a 5km do concerto e muita gente que pura e simples desistiu de lá chegar depois de pagar o bilhete e fazer dezenas ou centenas de quilómetros.

Por que isto acontece é óbvio, o automóvel é o modo mais ineficiente que existe para transportar pessoas quando o espaço é limitado - isto já sem falar da agravante do automóvel necessitar de tempo e muito espaço para estacionar. Mesmo quem escolheu o transporte mais eficiente (o autocarro) acabou preso no meio do trânsito dos outros. O que não é nada óbvio, é o porquê deste erro ser cometido mês após mês.

Eu deixo aqui de borla algumas sugestões para evitar este caos em zonas com poucos transportes:

  • Desincentivar fortemente a vinda de automóvel, por exemplo cobrando caro pelo estacionamento e proibindo o estacionamento fora dos parques (a proibição existiu este domingo, a cobrança é que não).  Em alternativa proibir o estacionamento em toda a zona, e introduzir autocarros do estacionamento na periferia até ao evento.
  • Criar corredores especiais para a circulação dos transportes.
  • Autocarros desde a estação de comboio/cidade mais próxima.
  • Publicitar bem estas medidas.

E não seriam necessários muitos autocarros para transportar toda a gente. Tal como dentro da cidade, os autocarros são muito eficientes a transportar pessoas, o problema é quando estão bloqueados no trânsito.

 


Mais um estabelecimento de ensino a promover a vinda de bicicleta dos alunos na TVI. Depois de Santarém, Aveiro, etc. agora temos Braga, tal como já faz a universidade local.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.