Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Menos Um Carro

Blog da Mobilidade Sustentável. Pelo ambiente, pelas cidades, pelas pessoas

Menos Um Carro

Blog da Mobilidade Sustentável. Pelo ambiente, pelas cidades, pelas pessoas

Carros eléctricos são os melhores amigos das energias renováveis?

MC, 31.08.09

Começo com a nota habitual, ninguém neste blogue está contra o carro eléctrico em comparação com o carro convencional. Não têm emissões poluentes dentro das cidades (apenas na central térmica) e têm um nível de ruído muito menor. Discordamos é do impressionante apoio financeiro que lhe é dado pelo estado, e discordamos da sua promoção que acaba por ser a manutenção de um paradigma ultrapassado, o da mobilidade automóvel nas cidades que tantas desvantagens traz independentemente do motor escolhido. Um paradigma que é e será sempre um absurdo energético, independemente do motor.

 

Dito isto, fiquei mais uma vez estupefacto com o greenwash associado ao carro eléctrico a ver um dos Expressos da Meia-Noite de Julho. Frases como a do título do post e outras semelhantes associando o carro eléctrico a "coisas verdes" foram novamente repetidas. Mas o que é o carro eléctrico tem de especial que os restantes aparelhos eléctricos não têm? Por que é que os aquecimentos e os ares condicionados não são verdes mas os carros são? Porque há tantos esforços na rotulagem energéticas nos frigoríficos, máquinas de lavar e habitação, se usar electricidade é ser verde?

A frase do título vinha num contexto onde se dizia que o carro eléctrico ia impulsionar as energias renováveis. Mas a multiplicação de ares condicionados (usados de preferência com a janela aberta) também daria o mesmo resultado. Se é possível aumentar a produção nas renováveis, porque não usá-la para diminuir o consumo de carvão em vez de usá-la para automóveis? De qualquer modo as energias renováveis também causam danos ambientais.

Por que não apostar num sistema de transportes realmente eficiente do ponto de vista energético, os transportes públicos, as bicicletas e os peões?

 


A ler: Who Causes Cyclists’ Deaths? no Freakonomics onde se mostra que os automobilistas são os principais causadores das mortes dos ciclistas, e não os próprios ciclistas.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.