Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Menos Um Carro

Blog da Mobilidade Sustentável. Pelo ambiente, pelas cidades, pelas pessoas

Menos Um Carro

Blog da Mobilidade Sustentável. Pelo ambiente, pelas cidades, pelas pessoas

Motas e Bicicletas Eléctricas

MC, 01.05.09

Para lá da habitual trilogia - peões, transportes públicos e bicicletas - que são uma constante aqui, há dois transportes ainda muito pouco comuns que me parecem boas soluções, mas que nunca mereceram aqui uma referência:

 

Bicicletas eléctricas: custam a partir de 800€ (ou 500€ por um kit de 7Kg para instalar em qualquer bicicleta normal) e têm um pequeno motor e bateria. O motor apenas pode servir (legalmente) como ajuda, a principal força motriz tem que vir das pernas :). Para percursos longos ou difíceis, o motor pode servir de ajuda, e não têm problemas de autonomia.

 

Motoretas eléctricas: a partir de 2000€, autonomia de 50km e gastam menos de 1€ aos 100km (são financiadas indirectamente). É pena as motoretas ainda terem uma autonomia limitada, porque parecem alternativas muito importantes para a mobilidade da cidade. É verdade que as motas comus não têm muitos dos problemas dos automóveis (a começar pelo congestionamento, sinistralidade e monopolização do espaço urbano), mas têm a capacidade de acordar um bairro inteiro com aquele barulho ensurdecedor, e ambientalmente poucas vantagens têm (uma pessoa numa mota gasta tanto como uma pessoa acompanhada num carro). Agora, as eléctricas não têm nem um nem outro problema!

 


Video a ver: alguns moradores escalabitanos a criticarem a construção de uma ciclovia, por ela ser um perigo para as crianças (!) e roubar espaço para estacionamento. Não conheço o local, até admito que seja uma intervenção má e desnecessária. O mais engraçado é que esta gente nunca, mas nunca mesmo, diria isto de uma nova faixa de rodagem para os popós no mesmo local. E todos concordamos que as críticas seriam bem mais válidas. 

5 comentários

Comentar post