Quarta-feira, 25 de Janeiro de 2012

O mapa e o horário das "novas linhas de metro" em Lisboa

 

Agora que o passe para Lisboa vai incluir também os comboios da CP (altamente subaproveitados o que toca a deslocações dentro da cidade), deixo aqui o mapa das "novas linhas", os horários,  e o número de comboios por hora:

 

Horário da linha Azambuja/Sintra:

Oriente-Sta Apolónia: 2 comboios por hora

Oriente-Areeiro-Entrecampos-Sete Rios: 8 comboios por hora

  Oriente-Areeiro-Entrecampos-Sete Rios-Campolide-Alcântara: 2

  Oriente-Areeiro-Entrecampos-Sete Rios-Benfica-Damaia: 6

Rossio-Campolide-Benfica-Damaia: 4 comboios por hora

 

Horário da linha de Cascais:

Cais Sodré-Alcântara-Algés: 6 comboios por hora

  (metade param em Santos e Belém)

 

Alguns trajectos têm uma frequência baixa, mas passam sempre à mesma por isso é fácil utilizá-las.

 

.............................................

Depois de um post chato, um vídeo do Daily Show a ridicularizar a incapacidade histórica de acabarmos com a nossa dependência do petróleo:

 

The Daily Show with Jon Stewart
Get More: Daily Show Full Episodes,Political Humor & Satire Blog,The Daily Show on Facebook

publicado por MC às 18:48
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
Sexta-feira, 20 de Janeiro de 2012

Lisboa reganha duas linhas de metro

 

Depois de várias más notícias sobre os planos do governo para os transportes públicos de Lisboa, uma melhor. O Público diz que vai ser criado um passe único para Lisboa, o que finalmente incluirá a CP (operador público!!) e outros operadores. A CP tem várias linhas ferroviárias dentro de Lisboa, que estão completamente sub-aproveitadas por estarem desintegradas da rede do metro, especialmente em termos de bilhética: têm passes, bilhetes e preços diferentes.

O mapa acima indica o real mapa ferroviário de Lisboa, mas ninguém tem isto na cabeça. Há uma linha que faz Alcântara - Campolide - Sete-Rios - Entrecampos - Areeiro - Chelas - Oriente, onde só se vê passageiros com partida ou destino no subúrbio. Uma linha que cruza a cidade, não é usada para deslocações na cidade, por má gestão. 

Parabéns ao governo se a medida se concretizar.

Quanto à reestruturação das carreiras, concretiza-se o que já se esperava. Depois de um grupo de trabalho ter feito o papel de bad cop, propondo acabar com dezenas de linhas de autocarro e barco, agora o governo aparece como salvador da Pátria, cortando apenas parte. Basta ler a imprensa para ver como muita gente caiu que nem uns patinhos. Não deixa de ser má notícia.

 

..............................................................................

A ler, The Death of the Fringe Suburb no NYT (via), sobre a morte desse expoente máximo da cultura automóvel norte-americana, os subúrbios de baixíssima densidade onde todas as deslocações são feitas de carro.

publicado por MC às 09:52
link do post | comentar | ver comentários (20) | favorito
Segunda-feira, 25 de Janeiro de 2010

E agora?

A CP tem uma dívida de 3,8 mil milhõs de euros e a REFER  tem outra de quase nove mil milhões de euros. Ninguém questiona a sua relevância social mas, curiosamente, há cada vez menos pessoas a andar de comboio em Portugal. A falta de rentabilidade e as baixas taxas de utilização têm sido os argumentos usados para os fechos das de algumas linhas ou para a redução dos horários. Ao mesmo tempo, justifica-se a falta de investimento e manutenção que poderiam atrair mais clientes para essas linhas do mesmo modo. É um círculo vicioso e falacioso.

 

Perante este diagnóstico do absurdo, qual é a solução? Privatizar?

publicado por TMC às 14:11
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
Segunda-feira, 28 de Abril de 2008

O serviço da CP é um valente excremento... e digo excremento porque... II

Tinha aqui descrito mais um exemplo da vergonhosa gestão da CP, e recebi entretanto uma resposta a um e-mail meu. Resumidamente o que aconteceu foi que na estação de Cascais tentei encontrar os horários da única linha que "cruza" a linha de Cascais. Não havia horários expostos, na bilheteira também não os sabiam nem sabiam se havia comboios ao fim-de-semana, e convidaram-me a telefonar para um número não-gratuito para ficar a saber.

Sobre a falta de horários expostos
...por necessidade de gestão do espaço disponível para afixação de informação, na Estação de Cascais, apenas se encontram expostas as informação relativas àquela Linha.
Um edifício enorme com várias lojas lá dentro, mas não há espaço para um cartaz A3.

Sobre a bilheteira
...a CP Lisboa pretende que a formação ministrada aos seus Colaboradores seja a mais adequada para dispensarem o melhor atendimento aos Clientes.
Fico contente por saber!

Por fim convidam-me a ver os horários online! Esta gente não existe.
tags:
publicado por MC às 13:44
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 17 de Setembro de 2007

O serviço da CP é um valente excremento... e digo excremento porque...

Apesar de algum esforço recente a rede da CP continua a não funcionar em lógica de rede. Um exemplo deste absurdo - o pior julgava eu - é a separação da rede da CP em bocadinhos regionais estanques e sem interligação. Estar em Lisboa e perguntar na bilheteira por horários do Porto é inútil, apesar desta informação estar disponível online! Para se ir de comboio da Grande Lisboa para o Grande Porto, por exemplo de Sintra a Valongo, implica três idas à bilheteiras (se soubermos os horários), porque é impossível comprar um bilhete único e é impossível comprar um bilhete num serviço diferente.
Este fim-de-semana (ironicamente o início da Semana da Mobilidade) tentei em Cascais saber o horário da linha Alcântara-Oriente. E esta não é uma linha qualquer. É a única linha que se cruza com a linha de Cascais. Comecei por procurar os horários nas paredes da estação. Nada. Na bilheteira não sabiam os horários, e pior, nem sabiam se havia comboios naquela linha ao fim-de-semana! Eu que ligasse para um número (não-gratuito) que estava afixado na vitrina.
Com uma gestão destas, não admira que esta gentalha acumule milhões de prejuízo.
publicado por MC às 12:24
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 19 de Abril de 2007

Validade dos bilhetes pré-comprados

Ao ler o título "CP: bilhetes pré-comprados não podem ter prazo de validade" de uma notícia do DD, pode se julgar por momentos que o absurdo prazo de validade de bilhetes teria acabado. Afinal o que está em causa é apenas a validade do dito enquanto o preço se mantém.
Ou seja, comprando 10 bilhetes hoje por 10€, daqui a uns meses o passageiro não os poderia usar mesmo que os 10€ ainda fossem o preço actual.
Fez bem o Provedor da Justiça ao proibir esta situação na CP, tal como já se tinha feito com o Metro de Lisboa que incorreu em idênticos atentados aos direitos dos passageiros. Actualmente a lei - que não está obviamente nas mãos do Provedor - apenas permite a perda de validade nos casos em que o preço é alterado (ou seja aumentado) e isso só pode ocorrer 15 dias depois da alteração.  As empresas são ainda obrigadas a trocar os antigos títulos durante 30 dias mediante o pagamento do acréscimo.
Em Paris, por exemplo, estes 30 dias são.. ad eternum. Bilhetes com 5 anos podem ser trocados pagando a diferença.
Mas a questão principal nem é esta. Mesmo nos casos em que os preços se alteram, não faz sentido os bilhetes perderem a validade. Ao comprar com antecedência o passageiro está a pagar por um serviço que ainda não foi prestado, com óbvias vantagens para as transportadoras. Quem é beneficiado por este desfasamento normalmente paga por ele: alguém que peça emprestado paga juros sobre o dinheiro que mais tarde vai devolver, as compras a pronto têm normalmente grandes descontos, as revistas fazem enormes promoções a quem compra uma assinatura por longo período de tempo, etc...
A própria inflação mostra o absurdo da questão. Os 10€ que paguei há um ano, são hoje equivalentes a 10.3€, logo eu não deveria estar a pagar mais se ainda não usufrui o serviço.
Isto é o que acontece na Holanda. Não há simplesmente prazo de validade. (Recomendo também este post).
Este caso é mais um exemplo do total desrespeito e prepotência das empresas de transportes públicos em Portugal. Só tenho pena que a concorrência não seja solução para este sector, senão seria óptimo ver esta gentalha a ir à falência.
publicado por MC às 14:19
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 16 de Abril de 2007

Comboio + Carro Alugado

Nunca pensei fazer publicidade a uma empresa de aluguer de automóveis neste blog, mas o Kit CP-Avis merece a excepção. O programa já é antigo, mas a CP está a fazer mais publicidade.
O Kit une um bilhete InterCidades/Alfa da CP ao aluguer de um automóvel na estação de destino. Mesmo os mais autoólicos deixam de ter desculpa para fazer uma viagem de centenas de quilómetros de automóvel. Além de se poupar o ambiente e diminuir o trânsito, sai mais barato (desde 57,5€ de Lisboa ao Porto, por exemplo), e mais confortável por se fazer a parte maior da viagem de comboio.
Inexplicavelmente não se pode comprar o bilhete conjunto na internet nem no multibanco. É necessário ir fisicamente a uma estação até às 18h do dia anterior. A informação está escondida no meio da página da CP aqui.
Estações de Venda:
  • Albufeira
  • Aveiro
  • Beja
  • Braga
  • Castelo Branco
  • Coimbra (Cidade)
  • Covilhã
  • Évora
  • Famalicão
  • Faro
  • Gaia
  • Guarda
  • Lisboa (Entrecampos, Santa Apolónia e Oriente)
  • Porto (Campanã)
  • Porto (S. Bento)
  • Santarém
Estações com automóveis disponíveis:
  • Aveiro
  • Beja
  • Braga
  • Castelo Branco
  • Coimbra (Cidade)
  • Covilhã
  • Évora
  • Faro
  • Guarda
  • Lisboa Oriente
  • Porto Campanhã
  • Santarém
publicado por MC às 20:10
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 5 de Abril de 2007

Redução do número de comboios na Linha de Sintra

A redução do serviço já é do verão passado, mas a notícia é de hoje (Público)

A Comissão de Utentes da Linha de Sintra vai distribuir um questionário a solicitar aos utilizadores daquele transporte que se pronunciem sobre o fim de 106 horários. Segundo Rui Ramos, à Lusa, em Julho de 2006 a CP "eliminou 70 dos 358 comboios existentes aos dias de semana da Linha de Sintra, reduziu 180 dos existentes aos fins-de-semana e 36 dos existentes nos feriados, o que causou graves transtornos aos utentes da Linha". E acusou a empresa de promover uma política "economicista em detrimento do direito dos utentes". O questionário será distribuído durante este mês em várias estações.

A CP vai de mal a pior.
publicado por MC às 09:44
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 7 de Março de 2007

Póvoa e Vila do Conde com uma única rede de transportes?

O PS da Póvoa de Varzim propôs hoje a criação de uma rede comum de transportes para a Póvoa de Varzim e Vila do Conde (cidades cujo tecido urbano com 150 mil pessoas está cada vez mais interligado). As razões são óbvias: as duas redes actuais são independentes e estão por isso viradas de costas uma para a outra. Segundo a notícia da Lusa «80% das deslocações destas 150 mil pessoas ocorrem dentro do eixo Póvoa/Vila do Conde». Além disso, e segundo o proponente, «a menos que usem meios de locomoção próprios, os residentes nas freguesias do litoral norte e do interior também não dispõem de qualquer interface devidamente articulado com o Metro do Porto».
Este é único caminho a seguir para todas as áreas urbanas do país. O que acontece na região de Lisboa é vergonhoso com dezenas de operadores de transportes (pelo menos um por concelho) sem qualquer interligação e quando esta existe sem harmonização dos horários. Desconheço a situação actual, mas ainda recentemente os horários de partidas dos autocarros em Sintra não coincidiam com o da chegada dos comboios, com óbvias desvantagens para todos. A somar está ainda o caos total em termos de bilhetes, com centenas de bilhetes e passes ao gosto de cada operador... e não ao gosto de cada utente.
Nada bate obviamente a CP que, apesar de ser uma empresa só, tem sub-sistemas com horários independentes e bilhetes independentes! Nos comboios suburbanos não se vendem bilhetes nem sequer há informação de horários dos comboios regionais/nacionais, e vice-versa!
publicado por MC às 15:48
link do post | comentar | favorito

subscrever feeds

Google (lousy) Translation

autores

pesquisar

posts recentes

O mapa e o horário das "n...

Lisboa reganha duas linha...

E agora?

O serviço da CP é um vale...

O serviço da CP é um vale...

Validade dos bilhetes pré...

Comboio + Carro Alugado

Redução do número de comb...

Póvoa e Vila do Conde com...

tags

lisboa(224)

ditadura do automóvel(216)

ambiente(208)

bicicleta(157)

cidades(114)

portugal(113)

peões(103)

sinistralidade(74)

estacionamento(71)

carro-dependência(67)

transportes públicos(66)

bicicultura(62)

economia(58)

espaço público(58)

comboio(48)

auto-estradas(42)

automóvel(39)

trânsito(33)

energia(30)

portagens(27)

todas as tags

links

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Julho 2017

Junho 2017

Janeiro 2017

Setembro 2016

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006