Sexta-feira, 6 de Fevereiro de 2015

Caça à multa ou ao disparate? III

Acho que posso dar como dado adquirido que há mais aceleras cá, do que na Holanda, por exemplo. Assim, se as polícias dos dois países controlassem o mesmo número de automobilistas, a portuguesa iria certamente apanhar mais infrações.
Mas se o número de infrações fosse semelhante, teríamos de concluir que a polícia portuguesa é mais branda que a holandesa.

E se vos disser que não é semelhante, nem sequer é ligeiramente menor por cá, mas é 50 vezes menor apesar de ser ridiculamente fácil avistar um acelera em Portugal? Teríamos de concluir que a nossa polícia é, no mínimo, conivente com o excesso de velocidade. A verdade é que, de acordo com o relatório da ETSC (European Transport Safety Council), Portugal está em último lugar na Europa, em termos de número de aceleras multados por cada 1000 habitantes.

Screenshot from 2015-02-06 17:35:43.pngSim, o relatório já tem uns anos, mas infelizmente é o mais recente e estes números são difíceis de encontrar para todos os países para anos mais recentes. Mas desengane-se quem achar que muita coisa mudou desde então.  Tem havido de facto um aumento, mas muito tímido face a disparidade expressa acima. A semana passada saíram os dados de 2014. Subimos para as 25 multas por excesso de velocidade por mil habitantes.  Vergonhosamente pouco.

Enquanto as nossas cidades e estradas continuam a ser o faroeste rodoviário, a imprensa e o "senso-comum" continuam convencidos que há uma caça à multa...

(obrigado Miguel)

Outras postas relacionadas:

Caça à multa ou ao disparate?

Caça à multa ou ao disparate? II (valor das multas cobradas é Madrid é mais do que Portugal inteiro)

publicado por MC às 17:22
link do post | comentar | favorito
8 comentários:
De Miguel Barroso a 6 de Fevereiro de 2015 às 21:29
Aqui neste artigo (http://codigodaestrada.org/103/um-ano-depois), calculei os dados para 2007 e 2008. Pelos vistos desde 2008 para cá que as coisas estarão mais ou menos na mesma.

um abraço
De stand virtual carros usados a 25 de Fevereiro de 2015 às 22:18
Afinal a caça à multa é um "Mito"
De Tiago a 18 de Dezembro de 2015 às 10:07
Não é um mito, pior que isso, é um embuste popularucho de um povo, que idolatra o bezerro de oiro "automóvel", e que lida muito mal com o Estado de Direito!
De João Pimentel Ferreira a 6 de Abril de 2015 às 11:27
Habito na Holanda e conheço bem a realidade dos países do extremo da tabela. Em Portugal a Polícia é altamente ineficiente, pois acaba por consumir muito mais impostos, do que a sua congénere holandesa, em percentagem do PIB, tendo resultados praticamente nulos. E não é só a velocidade, são os carros no passeio, estacionamento em segunda fila, etc.
De Anselmo a 26 de Abril de 2015 às 08:50
Os automóveis são a prioridade também aqui no Brasil. Os maiores investimentos municipais são destinados a dar prioridade e incentivo ao uso do automóvel. Ruas calçadas recebem uma camada de asfalto e sinalização idêntica as usadas em pistas de competição.
De Tito a 10 de Agosto de 2015 às 12:15
http://www.deco.proteste.pt/motor/bicicletas/noticia/bicicletas-pedale-seguro-por-45-euros-anuais

Gostavam que comentassem ou fizessem um artigo sobre esta noticia.
Realidede ou instituicao do medo? Os seguros fazem sentido?

Ja ha uns tempos atras a ACP piscou o olho aos seguros para bicicletas. Mas a ACP e' claramente parte interessada pelo que faz lobby ou a favor do automovel ou a favor de mais uns seguros.
De MC a 28 de Outubro de 2015 às 20:53
Oops, esta pergunta ficou esquecida.
Pessoalmente até tenho seguro (e custa bem menos do que o preço aí indicado, basta ser sócio da Fed Port de Ciclismo), mas muita gente não tem. Acho que só vale a pena se uma pessoa andar mesmo muito, porque a probabilidade de realmente causar danos grandes a automóvel é baixíssima.
De Douto a 18 de Dezembro de 2015 às 10:33
Apnas um detalhe caro Miguel, com referência ao cebeçaho deste blogue. Em Português grafa-se sempre (http://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/blogue-ou-blogo-bloguesfera-ou-blogosfera/11748) blogue e não "blog".
Att

Comentar post

subscrever feeds

Google (lousy) Translation

autores

pesquisar

posts recentes

Não podemos estar indifer...

É fisicamente impossível ...

Se o estacionamento não f...

O planeamento urbano cent...

Mais estradas não resolve...

E também não, um carro em...

Não, um carro estacionado...

Até na OMS há preocupaçõe...

Os supermercados que cobr...

Até as multas ao estacion...

tags

lisboa(224)

ditadura do automóvel(216)

ambiente(208)

bicicleta(157)

cidades(114)

portugal(113)

peões(103)

sinistralidade(74)

estacionamento(71)

carro-dependência(67)

transportes públicos(66)

bicicultura(62)

economia(58)

espaço público(58)

comboio(48)

auto-estradas(42)

automóvel(39)

trânsito(33)

energia(30)

portagens(27)

todas as tags

links

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Julho 2017

Junho 2017

Janeiro 2017

Setembro 2016

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006