Quinta-feira, 13 de Março de 2008

O espírito olímpico e a ditadura do automóvel

Os Jogos Olímpicos sempre foram celebrados como um acontecimento de paz e humanismo, como um mês durante o qual as guerras e outras "pequenas" desavenças entre os povos são postas de lado e apenas o saudável espírito desportivo impera.
Na Grécia Antiga, as intermináveis guerras entre os estados paravam para que os jogos decorressem.
No século XX, apenas dois anos depois da sangrenta Primeira Guerra, os povos reencontraram-se em 1920 para celebrar o desporto. A Alemanha e o Japão não puderam participar em 1948 mas em 1952 - apenas 7 anos depois do holocausto e da destruição de meio mundo - estes dois países voltaram a juntar-se ao espírito olímpico. Durante a Guerra Fria (descontando 1980 e 1984, por boicote e não por impedimento) os dois grandes blocos esqueciam os seus conflitos e participavam juntos nos Jogos.

Em 2008 cada mês há novas ameaças e declarações de atletas e representações que não vão participar devido à... poluição automóvel em Pequim. Ou seja, os Jogos Olímpicos conseguiram superar guerras, mas a ditadura do automóvel é mais forte que isso.
publicado por MC às 14:28
link do post | comentar | favorito
7 comentários:
De Tárique a 13 de Março de 2008 às 16:10
O que aconteceu à imagem deste blogue? Porque é que o pano de fundo agora é o farol de um carro?
De MC a 13 de Março de 2008 às 18:44
Só mudei para ter um fundo claro (com o template antigo qd o blogue demorava a carregar, apareciam letras claras sobre um fundo claro e não se lia nada).
Como a imagem antiga já não cabia aqui, pus o q me apareceu primeiro... um automóvel humano (quase um oxímoro). Ideias melhores são bem-vindas!
De Tárique a 13 de Março de 2008 às 18:48
Ficou giro assim branco. Pensei que o carro fosse um bug :)
De Strider a 17 de Março de 2008 às 13:38
Pelo que li até agora só tem havido ameaças. Nenhum pais negou participar em Beijing . Houve protesto de atletas como Haile Gebrselassi que disseram que não iam participar, mas vai ser obrigado a participar pela federação Etíope.

http://sport.guardian.co.uk/breakingnews/feedstory/0,,-7390942,00.html

A razão mais forte para a não participação seria a questão tibetana e não a asma dos atletas.
De Osvaldo Lucas a 18 de Março de 2008 às 11:04
Pequim: população : 13 milhões de habitantes
Carros por mil habitantes na China: 44
Carros em Pequim: 3,3 milhões, ou seja um carro para cada 4 habitantes
http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?section_id=114&id_news=284215

Se formos a ver bem, Lisboa é bem pior em termos de ratio!

Os problemas de Pequim serão possivelmente: má qualidade da mecânica dos carros (ou seja as IPOs não devem ser obrigatórias), inmdústria com baixa reguilamentação/elevada poluição diversa, elevada produção de energia eléctrica através de queima de carvão, eventualmente uma zona em que o vento não é significativo e que favoreça a dispersão das poeiras, etc, etc.

As autoridades chinesas estão a tentar melhorar minimamente a qualidade do ar através da maneira mais fácil: a dificultação da circulação automóvel.
De AndréV a 25 de Março de 2008 às 13:59
adorei o template, está muito agradável, melhor que o antigo

eu nem sei como conseguirão fazer a maratona naquela cidade tão poluída, só mesmo de máscaras como é habitual ver-se nas ruas de Pequim, e mesmo assim

continuação de um bom blog
De AndréV a 25 de Março de 2008 às 14:00
a maratona e não só, o problema é que a maratona é pelas ruas da cidade

Comentar post

subscrever feeds

Google (lousy) Translation

autores

pesquisar

posts recentes

Não podemos estar indifer...

É fisicamente impossível ...

Se o estacionamento não f...

O planeamento urbano cent...

Mais estradas não resolve...

E também não, um carro em...

Não, um carro estacionado...

Até na OMS há preocupaçõe...

Os supermercados que cobr...

Até as multas ao estacion...

tags

lisboa(224)

ditadura do automóvel(216)

ambiente(208)

bicicleta(157)

cidades(114)

portugal(113)

peões(103)

sinistralidade(74)

estacionamento(71)

carro-dependência(67)

transportes públicos(66)

bicicultura(62)

economia(58)

espaço público(58)

comboio(48)

auto-estradas(42)

automóvel(39)

trânsito(33)

energia(30)

portagens(27)

todas as tags

links

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Julho 2017

Junho 2017

Janeiro 2017

Setembro 2016

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006