Terça-feira, 4 de Dezembro de 2007

Outra vez os popós como serviço social

A tão badalada proposta do governo para as Estradas de Portugal inclui um princípio que eu acho excelente: o financiamento das estradas deve vir de quem as usa, e quem mais as usa mais deve pagar. Isto é feito através do imposto sobre os combustíveis, já que o uso do combustível é mais ou menos proporcional ao uso e desgaste das estradas. Relembro que até agora pagávamos todos independentemente do uso.

A oposição tem criticado muito a proposta quanto a outros aspectos (transformação da EP em empresa pública), mas hoje o Bloco de Esquerda criticou este aspecto acima: "Em que planeta vive? Há um único cidadão em Portugal, uma única criança, um único idoso que não beneficie das estradas, mesmo que não tenha carro? É claro que a utilização das estradas não é só directa (...) É de elementar justiça que sejam todos os contribuintes a pagar. Quero ouvi-lo falar das cirurgias, dizer que não devemos pagar as cirurgias dos outros. Há um princípio de solidariedade social, há um princípio de serviço público".


1. Todos em princípio beneficiamos do descanso dos responsáveis políticos e empresários, e do facto de eles estarem bem informados. Será que o BE quer que passemos a pagar a sauna e os jornais a eles?

2. As redes de gás, electricidade, telefone, internet, água, etc... também são usadas por todos (directa ou indirectamente) e não é por isso que vai passar a ser o Estado a pagar por isso tudo.

3. E lá vem o exemplo da saúde que já me mete nojo. Uma coisa é saúde e a educação, que são serviços sociais fundamentais. O mínimo de solidariedade ditará que estas funções caiba ao Estado, mas agora andar de popó?

4. Já mostrei várias vezes (aqui e aqui por exemplo) que o uso do automóvel tem custos altíssimos para a sociedade, e que os seus utilizadores pagam apenas uma pequena parte desses custos. Será que queremos que eles paguem menos ainda?

publicado por MC às 18:49
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Tárique a 5 de Dezembro de 2007 às 10:22
Concordo totalmente. O estado, a apoiar alguma coisa, deverá ser o transporte sustentável (público, ferrovia, etc). O pior neste caso é que o estado andou a construir as estradas e o dinheiro de quem as usa vai para o Ferreira do Amaral (que alcatroou Portugal). Pelo que traz implícito e explícito esta declaração do bloco de esquerda foi muito infeliz mesmo.
Eu bem sei que neste blogue se tenta não ser derrotista acerca deste país, mas o que é verdade é que esta conversa nunca poderia ter vindo de nenhum membro do PEL-NGL fora de Portugal.
De MC a 5 de Dezembro de 2007 às 12:47
Mais estranho ainda quando o BE decidiu no último congresso que iria tentar ocupar esse espaço político (quase) vazio em Portugal dos partidos verdes... Sendo sincero, nunca tive grande esperança que o BE viesse o a ocupar (por exemplo desde a posição demagógica que o BE tomou no problema da co-incineração há anos).
Não tenho esperanças no PEV (que ainda faz algum trabalho interessante mas sempre muito contido) e o MPT é uma amálgama estranha demais para ser um partido.
Enquanto não houver uma força política séria nesta área, não estou a ver as coisas a melhorarem muito. Basta ver o nosso actual ministro, que diz que ao nível pessoa luta contra as alterações climáticas desligando a luz quando sai de uma sala, para perceber que estamos condenados a esperar muito

Comentar post

subscrever feeds

Google (lousy) Translation

autores

pesquisar

posts recentes

Se o estacionamento não f...

O planeamento urbano cent...

Mais estradas não resolve...

E também não, um carro em...

Não, um carro estacionado...

Até na OMS há preocupaçõe...

Os supermercados que cobr...

Até as multas ao estacion...

Comércio local cresce

Ferrovia vs Rodovia em Po...

tags

lisboa(224)

ditadura do automóvel(214)

ambiente(208)

bicicleta(157)

cidades(114)

portugal(113)

peões(103)

sinistralidade(74)

estacionamento(71)

carro-dependência(67)

transportes públicos(66)

bicicultura(62)

economia(58)

espaço público(58)

comboio(48)

auto-estradas(42)

automóvel(39)

trânsito(33)

energia(30)

portagens(27)

todas as tags

links

arquivos

Julho 2017

Junho 2017

Janeiro 2017

Setembro 2016

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006