Segunda-feira, 5 de Novembro de 2007

Dois mortos no Terreiro do Paço II

1. ACA-M promove hoje um concentração (aprovada pelo Governo Civil) de homenagem às vítimas deste acidente às 16h30 no local do atropelamento, isto é nas "passadeiras" à saída do terminal de barcos no Terreiro do Paço/Campo das Cebolas. A terceira vítima deste acidente, gravemente ferida, continua ainda com prognóstico reservado.

2. O Público publicou no sábado alguns números sobre a segurança dos peões em Portugal. Nos primeiros 8 meses deste ano houve 16 pessoas atropeladas por dia, 9 mortes e 50 feridos graves (um quarto dos quais acaba por morrer, segundo estatísticas internacionais) por mês devido a atropelamentos. A parte menos má dos números é a forte e constante queda destes em Portugal. De 356 mortos e 1711 feridos graves em 1998 por atropelamento, passámos para 137 e 617 em 2006. Uma excelente prova de que tudo o que tem sido feito em termos de prevenção rodoviária (campanhas choque, tolerâncias zero, fiscalização mais apertada, penas mais elevadas com o novo código da estrada, radares, etc...) tem valido a pena, invalidando assim as críticas de muita gente que gosta de pôr as culpas no mau estado das estradas e outros lugares-comuns semelhantes.

3. Já hoje houve um miúdo de 6 anos que foi atirado para as urgências de um hospital em estado muito grave, quando atravessava uma passadeira nos arredores de Lisboa.
publicado por MC às 12:11
link do post | comentar | favorito
5 comentários:
De iGreen a 6 de Novembro de 2007 às 11:48
Infelizmente, o Alexandre - o miúdo de 6 anos que ia para a escola - não resistiu aos ferimentos e faleceu ontém da parte da tarde.
Esta utilização irracional do automóvel e a sistemática atitude do "quem quiser que se desvie" não é mais do que puro egoísmo.
De Zé da Burra o Alentejano a 15 de Novembro de 2007 às 11:35
Os radares estavam muito melhor em locais como aquele em que se deu o acidente (junto à Estação Sul/Sueste, no Terreiro do Paço) do que a meio da Radial de Benfica, na Parte nova da Av. EUA, na Av. Marechal Gomes da Costa, e todos os restantes locais escolhidos. Até parece que foram todos escolhidos "a dedo".

Zé da Burra o Alentejano

De Zé da Burra o Alentejano a 15 de Novembro de 2007 às 11:42
As passadeiras devem ser modificadas, elevando toda a passadeira, isso reduz efectivamente a velocidade nesses locais.
Para não complicar a mobilidade automóvel também se deve continuar com o esforço de colocação de passagens aéreas ou subterrâneas.
Os peões devem ser ensinados e punidos em casos de desrespeito grosseiro pelas regras de trânsito. São o elo mais fraco mas são também muitas vezes os culpados pelos acidentes...
De MC a 20 de Novembro de 2007 às 11:37
Eu compreendo esta crítica, mas locais como este há aos milhares, não seria possível cobri-los todos.
Acho que ao colocar-se os radares nos locais onde a velocidade era maior, se está a dar o sinal que "até ali" não se deve ultrapassar os 50.
Sinceramente, se me dessem 20 radares para a mão, não saberia onde colocá-los.
De MC a 20 de Novembro de 2007 às 11:38
Oops, o meu comentário anterior era uma resposta aos radares

Comentar post

subscrever feeds

Google (lousy) Translation

autores

pesquisar

posts recentes

Nova rede ciclável de Lis...

Caça à multa ou ao dispar...

O estacionamento como fun...

Tuk-tuks e as bicicletas,...

Os peões e as bicicletas ...

O excesso de velocidade d...

A mobilidade sustentável ...

O lado "verde" do apoio a...

10 Dicas para a bicicleta...

A EMEL vai investir 40 mi...

tags

lisboa(222)

ditadura do automóvel(211)

ambiente(204)

bicicleta(157)

cidades(113)

portugal(112)

peões(102)

sinistralidade(74)

carro-dependência(67)

estacionamento(67)

transportes públicos(66)

bicicultura(62)

economia(57)

espaço público(57)

comboio(48)

auto-estradas(42)

automóvel(38)

trânsito(31)

energia(30)

portagens(27)

todas as tags

links

arquivos

Setembro 2016

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006