Sexta-feira, 2 de Novembro de 2007

Dois mortos no Terreiro do Paço

Esta madrugada morreram duas mulheres e outra ficou gravemente ferida num atropelamento numa passagem de peões no Terreiro do Paço.
Que raio de cidade é esta onde tragédias destas acontecem?
Não se sabe de quem é a culpa neste caso, mas isso é irrelevante perante os números. Na Europa do Norte a lei é sempre feita a pensar em proteger a parte mais fraca. Em Portugal ainda se discute os 80km/h e se fazem piadas ignóbeis a gozar com o limite de 50km/h no centro da cidade.
publicado por MC às 11:19
link do post | comentar | favorito
7 comentários:
De camaraodelisboa a 3 de Novembro de 2007 às 02:44
segunda-feira, pelas 16h30, a ACAM irá ocupar a passadeira onde se deu o trágico atropelamento, suspendendo assim o trânsito, e apelando à aplicação da Carta do Direitos do Peões, recentemente aprovada pela CML.
De Phil a 3 de Novembro de 2007 às 14:41
O problema não está nas velocidades, está no comportamento animalesco e pouco cívico das pessoas, que se manifesta ao volante e cada vez mais fora dele...no fundo, reflecte a nossa sociedade...

Sim, discutir as velocidades não me parece relevante...se os comportamentos não mudarem...
De António C. a 4 de Novembro de 2007 às 14:56
Andar a 100km/h numa rua dentro da cidade não é um comportamento animalesco?
De MC a 5 de Novembro de 2007 às 14:50
O problema está em parte nas velocidades. Ninguém é perfeito (bem sei que muitos condutores acham que a culpa é sempre do outros), e há sempre distracções de condutores ou peões. É aí que a velocidade é fundamental. Um carro a 50km/h tem um espaço de travagem e uma força de impacto muito menor (metade da energia cinética) do que um carro a 70km/h. Daí a probabilidade de matar alguém quando se conduz a 70 ser várias vezes maior...
De Mário a 4 de Novembro de 2007 às 20:00
CONVITE

A Associação de Cidadãos Auto-Mobilizados vem convidar-vos para
participar, na próxima segunda-feira, dia 5 de Novembro, pelas 16.30,
numa concentração de homenagem às vítimas do triplo atropelamento
ocorrido ontem pelas 5.30h, no local da tragédia, a passagem de peões
fronteira à Estação Fluvial do Terreiro do Paço.

Pretendemos fazer uma passadeira com pessoas deitadas no chão,
cobertas com um lençol.

Para garantir o sucesso desta iniciativa, vimos solicitar a vossa
colaboração, participando na concentração e levando, se possível, um
lençol branco.

O Governo Civil foi já notificado desta iniciativa.

Pedimos também a divulgação desta mensagem.

Pela direcção da ACA-M
Manuel João Ramos
De Tárique a 5 de Novembro de 2007 às 12:19
Quando soube desta terrível notícia lembrei-me logo desta tua foto: http://fotos.sapo.pt/menos1carro/pic/0002y703
É que foi mesmo aqui que as pessoas foram atropeladas não foi?
De MC a 5 de Novembro de 2007 às 14:52
Por acaso não.. Esta foto é tirada para o lado do Cais Sodré, e o acidente foi no lado do Campo das Cebolas. Já nem me lembro de como estava o passeio antes das obras (já lá vai mais de uma década) nem sei como está agora, mas acho que não era assim tão mau. De qq maneira, o local da foto é um forte candidato a uma notícia igual daqui uns tempos.

Comentar post

subscrever feeds

Google (lousy) Translation

autores

pesquisar

posts recentes

Não podemos estar indifer...

É fisicamente impossível ...

Se o estacionamento não f...

O planeamento urbano cent...

Mais estradas não resolve...

E também não, um carro em...

Não, um carro estacionado...

Até na OMS há preocupaçõe...

Os supermercados que cobr...

Até as multas ao estacion...

tags

lisboa(224)

ditadura do automóvel(216)

ambiente(208)

bicicleta(157)

cidades(114)

portugal(113)

peões(103)

sinistralidade(74)

estacionamento(71)

carro-dependência(67)

transportes públicos(66)

bicicultura(62)

economia(58)

espaço público(58)

comboio(48)

auto-estradas(42)

automóvel(39)

trânsito(33)

energia(30)

portagens(27)

todas as tags

links

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Julho 2017

Junho 2017

Janeiro 2017

Setembro 2016

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006