Terça-feira, 18 de Setembro de 2007

Acabar com os carros em Londres...

Pequena notícia no Público de Domingo (com comentários meus entre [...]):

Acabar com os carros em Londres é a proposta de investigadores britânicos que publicaram há dias as suas conclusões na revista The Lancet [uma das mais famosas revistas científicas em medicina, especialmente em saúde pública]. Hoje em dia, sete de cada dez viagens de automóvel em Londres cobrem distâncias inferiores a oito quilómetros . Ora, a erradicação do automóvel da capital do Reino Unido e a sua substituição por bicicletas, marchas a pé e recurso aos transportes públicos se necessário - permitiria reduzir em 72 por cento as emissões de CO2 até 2030 [e obviamente de muitos outras emissões de impacto mais local]. Ainda na mesma revista, é feita um tipologia dos utilizadores de automóveis londrinos e calculam-se os benefícios para a saúde de uma tal mudança do estilo de vida. Coisas como gastar 33 mil calorias adicionais por ano - e para as mulheres, reduzir os riscos de cancro da mama em 25 por cento ou aumentar a esperança de vida em um a dois anos. E também, para os homens, ver o seu risco de morte prematura reduzida até 40 por centro e o risco de diabetes em 30 por cento.

Acabar com os carros em Londres?? Estas gentes do Norte da Europa tem cada ideia!
publicado por MC às 16:04
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De João Lacerda a 19 de Setembro de 2007 às 05:21
Tens o link para a publicação original!?

Essa notícia é sensacional!

Saudações Brasileiras.
De MC a 19 de Setembro de 2007 às 10:31
Não... Isto é apenas a notícia que vinha no jornal Público, que é um jornal diário normal. Não sei do original.

Comentar post

subscrever feeds

Google (lousy) Translation

autores

pesquisar

posts recentes

Nova rede ciclável de Lis...

Caça à multa ou ao dispar...

O estacionamento como fun...

Tuk-tuks e as bicicletas,...

Os peões e as bicicletas ...

O excesso de velocidade d...

A mobilidade sustentável ...

O lado "verde" do apoio a...

10 Dicas para a bicicleta...

A EMEL vai investir 40 mi...

tags

lisboa(222)

ditadura do automóvel(211)

ambiente(204)

bicicleta(157)

cidades(113)

portugal(112)

peões(102)

sinistralidade(74)

carro-dependência(67)

estacionamento(67)

transportes públicos(66)

bicicultura(62)

economia(57)

espaço público(57)

comboio(48)

auto-estradas(42)

automóvel(38)

trânsito(31)

energia(30)

portagens(27)

todas as tags

links

arquivos

Setembro 2016

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006