Quinta-feira, 18 de Janeiro de 2007

Buzinão

Proibido buzinarUma das primeiras coisas que se nota mal se regressa a Portugal é a enorme barulheira das cidades. Não apenas pela quantidade de trânsito mas também pelo motor das motas alterado para assinalar a sua presença com 5 quarteirões de antecedência e principalmente pelo buzinar por-dá-cá-aquela-palha.
Em Portugal apita-se por tudo e por nada. Desde o "está verde há 1 segundo e ainda não te mexeste" ao mais simpático "passe, passe", passando pelo prolongado "estacionaste em 2ª fila e agora não consigo sair". O meu favorito vai para o automobilista numa interminável fila de trânsito, onde tudo está parado, que desata a buzinar incessantemente... até hoje ainda não percebi porquê.
Para lá do incómodo, stress e ansiedade causado a quem trabalha, estuda, dorme, descansa, circula etc... nessa rua que deveriam ser suficientes para pôr a mão na consciência - sou um sonhador! - dos condutores, buzinar também é proibido. Talvez seja óbvio mas duvido que as autoridades o saibam. Alguma vez viram um automobilista a ser autuado? Para que não fiquem dúvidas, cá fica a citação do código da estrada:

                                 Artigo 21.º
1 Os sinais sonoros devem ser breves.
2 Só é permitida a utilização de sinais sonoros:
  a)     Em caso de perigo iminente;
  b)     Fora das localidades, para prevenir um condutor da intenção de o
          ultrapassar e, bem assim, nas curvas, cruzamentos, entroncamentos e
          lombas de visibilidade reduzida.
7 Quem infringir o disposto nos n.ºs 1 e 2 é sancionado com coima de 60 a 300
  euros.

publicado por MC às 16:10
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Método DeRose - SwáSthya Yôga a 5 de Outubro de 2007 às 22:52
Parabéns pelo Blog e sua informação.

Deixo um convite a todos os que como eu, não querem stress nas suas vidas, praticando Yôga. Sinto-me com mais qualidade de vida :)

Abraços

Comentar post

subscrever feeds

Google (lousy) Translation

autores

pesquisar

posts recentes

Nova rede ciclável de Lis...

Caça à multa ou ao dispar...

O estacionamento como fun...

Tuk-tuks e as bicicletas,...

Os peões e as bicicletas ...

O excesso de velocidade d...

A mobilidade sustentável ...

O lado "verde" do apoio a...

10 Dicas para a bicicleta...

A EMEL vai investir 40 mi...

tags

lisboa(222)

ditadura do automóvel(211)

ambiente(204)

bicicleta(157)

cidades(113)

portugal(112)

peões(102)

sinistralidade(74)

carro-dependência(67)

estacionamento(67)

transportes públicos(66)

bicicultura(62)

economia(57)

espaço público(57)

comboio(48)

auto-estradas(42)

automóvel(38)

trânsito(31)

energia(30)

portagens(27)

todas as tags

links

arquivos

Setembro 2016

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006