Segunda-feira, 8 de Janeiro de 2007

Porquê parar os taxis?

TaxiO DN volta hoje a referir algumas medidas do Plano Nacional para as Alterações Climáticas que foram publicadas no Verão (ver este post). A que dão maior relevância é a obrigação de os taxis cumprirem um dia de descanço semanal.

Admito que nunca percebi o porquê desta medida em termos de poluição. Duvido que o número de viagens de taxi baixe (talvez se espere mais por uma), e mesmo que baixe um pouco levará provavelmente ao aumento de viagens em automóvel privado. É verdade que os taxis são muitas vezes carros a diesel mal afinados, mas também é verdade que em muitos aspectos são melhores que os automóveis privados. Isto apenas porque não precisam de estacionamento, logo não enchem os passeios e a cidade, nem atrapalham o trânsito (especialmente os autocarros) com estacionamento em segunda fila.  Alguma ideia?
publicado por MC às 15:48
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De anabananasplit a 10 de Janeiro de 2007 às 20:37
Com a informação que deram no rádio e TV só posso achar isto uma medida totalmente imbecil e que não beneficia ninguém... E se era para levar os taxistas a perder dinheiro ao menos que fosse um investimento e em vez desta proibição de circular obrigassem-nos a usar biocombustíveis ou usar carros híbridos ou algo do género. Nem que fosse maior controlo no estado dos carros para diminuir a barulheira e a poluição, para além de garantir melhor segurança. Enfim...
De JoanaTorrado a 15 de Janeiro de 2007 às 18:34
Olá :)

O Blog merece estar em destaque (aqui: http://blogs.sapo.pt/destaques.bml).

Parabéns e boa continuação.
De js a 16 de Janeiro de 2007 às 10:23
...a medida a ser posta em pratica revela a ignorância do legislador ... pois, muito bem como afirmas, a redução do numero de dias de trabalho dos taxistas não reduz o numero de viagens de taxi, poderá isso sim aumentar o tempo de espera de quem se quer deslocar usando esse meio...
FORÇ'AÍ!
js de http://politicatsf.blogs.sapo.pt

Comentar post

subscrever feeds

Google (lousy) Translation

autores

pesquisar

posts recentes

É fisicamente impossível ...

Se o estacionamento não f...

O planeamento urbano cent...

Mais estradas não resolve...

E também não, um carro em...

Não, um carro estacionado...

Até na OMS há preocupaçõe...

Os supermercados que cobr...

Até as multas ao estacion...

Comércio local cresce

tags

lisboa(224)

ditadura do automóvel(215)

ambiente(208)

bicicleta(157)

cidades(114)

portugal(113)

peões(103)

sinistralidade(74)

estacionamento(71)

carro-dependência(67)

transportes públicos(66)

bicicultura(62)

economia(58)

espaço público(58)

comboio(48)

auto-estradas(42)

automóvel(39)

trânsito(33)

energia(30)

portagens(27)

todas as tags

links

arquivos

Setembro 2017

Julho 2017

Junho 2017

Janeiro 2017

Setembro 2016

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006