Sexta-feira, 15 de Junho de 2007

Publicidade ao Seat Leon



Infelizmente só encontrei o anúncio em inglês (e legendas em castelhano), mas a versão portuguesa não anda muito longe desta tradução livre:

Pensa nisto.
Quando compras um carro,
compras uma nova parte de ti próprio
algo que é teu
mas
não é parte do teu corpo.
Compras a obrigação de tomar conta dele
de mantê-lo
de usá-lo mesmo quando não precisas.
Compras a obrigação de o alimentar
o trabalho de ter de o limpar
a obsessão de impedir as pessoas de deixarem areia no carro.
Compras o medo de o perder
ou de alguém o tirar de ti.
Compras a obsessão de mantê-lo impecavelmente limpo
e a preocupação em encontrar um lugar seguro para estacionar.
Compras o impulso
de comparar o teu carro com outros carros
mas
tu comprá-lo na mesma.
Porque as melhores coisas da vida não sai as coisas que possuis
mas as coisas que te possuem


Que há muita gente que vive para o carro, em vez do oposto, é há muito sabido. Agora isto é doentio.
publicado por MC às 17:20
link do post | comentar | favorito
12 comentários:
De António Cruz a 18 de Junho de 2007 às 20:59
Eu não conseguiria resumir tão bem tantas razões para não se comprar um carro!

Sou pelo uso do carro como excepção, e para isso posso perfeitamente alugar um...
De Iguel a 19 de Junho de 2007 às 09:17
Realmente se alguem vai comprar um carro e pensa assim ... mais vale nao o comprar ... menos um a imitir residuos e menos um stressado atras do volante... so gostava de relembrar que ter um carro nao é só isso... sei que este nao é o blogue para defender isso mas um carro é igualmente prazar ... muito prazer... podem dizer o que quiserem ... mas atravessar os alpes de carro é uma daquelas coisas unicas ... melhor melhor so mesmo de moto!

cumps
De Anónimo a 19 de Junho de 2007 às 11:27
"Agora isto é doentio"

O autor do post não percebeu o anúncio ... pelo cometário também não o deve vir a perceber ... não, que não o consiga mas porque não o quer...

PS: não se esqueca que extremismos nunca levaram a vitória da guerra, apenas a vitória de batalhas...
De MC a 26 de Junho de 2007 às 16:49
Claro que passear nos Alpes de carro é espectacular. Mas o carro aí é apenas um meio e não um fim. Ou seja o interesse está nos Alpes e não no andar de automóvel.
É óbvio que dificilmente haverá alternativas.. atravessar uma serra de comboio é ainda mais interessante, mas não há muitas possibilidades de o fazer.

Mas o que eu critico é exactamente um pouco do espírito que está por detrás do anúncio: o automóvel como um fim em si, e não como um meio. E como meio é muitas vezes abusado.

Quanto a não perceber o anúncio.. tem toda a razão. Este tipo de sentimento é algo que a mim só faz sentido relacionado com um filho, um animal de estimação... uma casa talvez. Agora a um automóvel?

Quanto a extremismos: se ler com atenção o blogue quase todas as medidas que defendo estão em prática em vários países europeus. Ou seja, claramente o extremismo aqui está do lado de quem defende o abuso do automóvel, e não do meu!

(Já agora, não percebo porque é que o "Iguel" apoia e depois desapoia como "anónimo" - o IP é o mesmo - passado um bocado.. aliás partilhamos grande parte do URL )
De júlio guerra a 21 de Junho de 2007 às 11:43
APOIADO....EU TAMBEM NÃO GOSTO DE CARROS NEM DOS SEUS FANATICOS. ABAIXO TODAS AS VIATURAS DE 4 RODAS COM MOTOR.DEVERIAM SER EXTREMINADAS DA FACE DA TERRA E OS CORPOS DOS SEUS INVENTORES EXUMADOS E ATIRADOS AOS TUBARÕES.
De Anónimo a 21 de Junho de 2007 às 19:16
ai entao as com 2 rodas já nao se importa? porreiro... grande conviccao!:)!
De felisteus a 24 de Julho de 2007 às 23:44
Já agora, porque não passarmos a exigir que o homem volte a viver nas suas antigas cavernas?...
Era giro voltar lá!... Eheheheh!!!!!!!!!!!!!!!!!
De MC a 24 de Julho de 2007 às 23:47
Porque isso seria parvo, imbecil e estúpido
De felisteus a 25 de Julho de 2007 às 00:23

Falta-te humor e civismo amigo.
Aconselho-te a sorrir em vez de zurzir.
De MC a 25 de Julho de 2007 às 00:30
Peço desculpa... sinceras.
Tenho alguma dificuldade em termos de "inteligência emocional" em perceber as brincadeiras nos comentários. Já perdi as contas às vezes em que cai neste erro.
De felisteus a 25 de Julho de 2007 às 00:05
Resposta a MC.
Ouvi o som do filme em Inglês porque é uma língua que estudei no País de origem e que me dá gosto ouvir e falar.
Acho que é exagerado dizer-se que o homem ficou escravo do pópó. Eu por mim não lhe ligo absolutamente nenhuma. Uso-o para me deslocar e gosto porque é um transporte cómodo e sem horários.
Qualquer carro com 4 rodas me serve desde que ande. Lava-lo lava-o a chuva quando cai e às vezes leva uns pingos de água nos vidros para ter visibilidade. Pó posso bem com ele e não quero saber de limpar tapetes, etc... Nunca aspirei um carro, por isso quando o "menino" está a ficar velho demais vai para abate e está feito.
De MC a 25 de Julho de 2007 às 00:17
Veja se me entende. Só se eu fosse estúpido é que não diria que o automóvel é o transporte mais cómodo e mais versátil na grande parte das situações. Dito isto, o que me choca aqui é a obsessão por um veículo, como se de um filho se tratasse. E estou a ver que estamos de acordo nisto!

Comentar post

subscrever feeds

Google (lousy) Translation

autores

pesquisar

posts recentes

Não podemos estar indifer...

É fisicamente impossível ...

Se o estacionamento não f...

O planeamento urbano cent...

Mais estradas não resolve...

E também não, um carro em...

Não, um carro estacionado...

Até na OMS há preocupaçõe...

Os supermercados que cobr...

Até as multas ao estacion...

tags

lisboa(224)

ditadura do automóvel(216)

ambiente(208)

bicicleta(157)

cidades(114)

portugal(113)

peões(103)

sinistralidade(74)

estacionamento(71)

carro-dependência(67)

transportes públicos(66)

bicicultura(62)

economia(58)

espaço público(58)

comboio(48)

auto-estradas(42)

automóvel(39)

trânsito(33)

energia(30)

portagens(27)

todas as tags

links

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Julho 2017

Junho 2017

Janeiro 2017

Setembro 2016

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006