Sexta-feira, 18 de Maio de 2007

Metro de superfície entre Amadora e Odivelas

Segundo o JN de ontem as Câmaras de Amadora e Odivelas estão a pensar construir um metro de superfície ligando os dois concelhos, e mais importante ligando estações do metro de Lisboa. Ainda segundo a notícia está a ser considerada a utilização de um veículo eléctrico "completamente não poluente" [sic]. (Há muita gente ingénua... Então e a electricidade vem de painéis solares instalados em cima das composições? A manutenção do metro será feita por bactérias microscópicas licenciados em engenharia?)

Embora haja aqui uma tentativa de integrar este novo transporte com o metro, tenho as piores expectativas para este projecto. Será mais uma empresa no já complexo sistema de transportes da Grande Lisboa, mais um horário a fixar, mais um bilhete ou mais um passe que os passageiros terão que ter, e pior de tudo mais uma mudança que os passageiros terão de fazer (muitas vezes o número de mudanças tem mais peso que o próprio tempo de deslocação nas decisões das pessoas). Porque não integrar este percurso numa das linhas do metro de Lisboa? Porque não realizar o trajecto de autocarro? Porque não se aprende com os erros do passado, como o de Oeiras?

Para quando uma Autoridade Metropolitana de Transportes de Lisboa com reais poderes para poder cozer a manta de retalhos que são os transportes públicos de Lisboa?
publicado por MC às 15:18
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De Osvaldo Lucas a 19 de Maio de 2007 às 21:14
Parece, à primeira vista, lógico estender a linha do metro!!

Não compreendo a necessidade de uma autoridade metropolitana. A autarquia X não consegue ter uma conversa técnica com a autarquias Y e Z? Ou se calhar todos querem mandar e lá teremos de ter mais uma Autoridade. (Parece mentira mas há/houve casos de 10m de estrada que não são asfaltados porque não há acordo sobre a que autarquia estes pertencem com a consequente responsabilidade de os asfaltar...)

Antes de grandes investimentos, aconselharia a espera da mudança do aeroporto e reutilização do espaço que fica "livre". Se se conseguir quer 1/2 dúzia de grandes empresas/entidades saiam do meio da cidade para ficar a Norte da 2ª circular pode ser que deixe de haver tantas filas para entrar dentro da cidade com eventual rearranjo dos serviços de transporte públicos.

PS - É preciso urgentemente desmistificar/clarificar termos como "verde", "amigo do ambiente", "não poluente", entre outros problemas, como os contras da "reciclagem", ou acusar os 30ºC do passado Domingo como consequência do "aquecimento global". Mas se a maior parte dos jovens não aprecia minimamente a física, a química e a matemática... ficam extremamente vulneráveis a "chavões" científico/ambientalistas.
De MC a 20 de Maio de 2007 às 18:08
>Não compreendo a necessidade de uma autoridade >metropolitana. A autarquia X não consegue ter uma conversa >técnica com a autarquias Y e Z? Ou se calhar todos querem >mandar e lá teremos de ter mais uma Autoridade. (Parece >mentira mas há/houve casos de 10m de estrada que não são >asfaltados porque não há acordo sobre a que autarquia estes >pertencem com a consequente responsabilidade de os asfaltar...

Então? Fico sem perceber a opinião! Exactamente porque as Câmaras sempre provaram que não são capazes de se entender, é que a Autoridade será necessária. E não são só as Câmaras, são as empresas de transporte, ou seja mais umas 10 entidades a discutir. Durante décadas tivemos o metro, a carris e a cp de costas viradas. O comboio acabava bem longe de uma estação de metro ou autocarro, por exemplo. Esta situação está melhor dentro do concelho de Lisboa, mas continua a passar-se o mesmo com as transportadores dos outros concelhos. Não há pontos de encontro entre as linhas, os tarifários e os horários são complexos e pouco integrados, etc.. etc.. Se o problema tem 50 ou 60 anos e ainda não foi resolvido, parece-me que tem que se partir para uma solução de força (que já está no papel há alguns anos).

Iliteracia ambiental: concordo totalmente. O "ser verde" pode significar milhões de coisas. A reciclagem, os automóveis híbridos, as energias renováveis, etc... são soluções RELATIVAMENTE MAIS amigas do ambiente mas não deixam de ser inimigas. Pior que a iliteracia ambiental, só talvez a iliteracia estatística (como culpar o aquecimento global pelos 30ºC) que está estampada todos os dias nas primeiras capas de todos os jornais, ate mesmo nos ditos "de referência".
De SwáSthya Yôga a 13 de Agosto de 2007 às 01:12
Fazer crescer uma cidade que já foi a 3ª mais importante do País.
SwáSthya!
De Escola de Yôga - Método DeRose a 31 de Outubro de 2007 às 10:58
O Metro devia chegar mais perto do centro da Amadoa... aí, seria perfeito :)

Abraçosq7smm2h

Comentar post

subscrever feeds

Google (lousy) Translation

autores

pesquisar

posts recentes

Comércio local cresce

Ferrovia vs Rodovia em Po...

Dieselgate, só por si, ca...

Emissões da rodovia aumen...

Emissões CO2 de baterias ...

Santos Populares vs Carro...

Documentário de 1973 da R...

Acabou a maior vergonha n...

Nova rede ciclável de Lis...

Caça à multa ou ao dispar...

tags

lisboa(224)

ditadura do automóvel(211)

ambiente(208)

bicicleta(157)

cidades(114)

portugal(113)

peões(103)

sinistralidade(74)

estacionamento(68)

carro-dependência(67)

transportes públicos(66)

bicicultura(62)

economia(57)

espaço público(57)

comboio(48)

auto-estradas(42)

automóvel(39)

trânsito(31)

energia(30)

portagens(27)

todas as tags

links

arquivos

Junho 2017

Janeiro 2017

Setembro 2016

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006