Sexta-feira, 17 de Dezembro de 2010

Apita o comboio

É o adeus ao comboio, já anunciado nos vários PECs. A salvaguarda do direito à mobilidade a nível regional penderá cada vez mais para o automóvel particular. Um cidadão, um voto, um automóvel.

 

Para viajar entre muitas cidades e povoações será exigido um carro. Veremos, daqui a uns anos, se a administração da CP sofria de má gestão crónica, caso algum operador privado veja sustentabilidade financeira e decida investir emr algum troço.

 


A cidade do país cuja autarquia é responsável por ter entronizado e coroado o automóvel como paradigma da mobilidade também nos surpreende com exposições destas. Outra declaração de boas intenções, mas vale a pena espreitar o que estamos a perder se tivéssemos ruas feitas para todos. No MUDE - Museu do Design e da Moda - em Lisboa está presente a exposição A Rua é de Todos Nós, até dia 20 de Fevereiro de 2011. Nesse mês também haverá um simpósio dedicados aos temas da mobilidade suave e do urbanismo. A não perder.

 

publicado por TMC às 15:32
link do post | comentar | favorito
6 comentários:
De Pedro M. a 17 de Dezembro de 2010 às 15:50
É obsceno o que se está a passar com a ferrovia, a ver o que acontece quando daqui a uns anos se pagar 2 euros por litro na bomba.
De mlz a 17 de Dezembro de 2010 às 16:27
100% apoiado!

Este raciocínio que vou apresentar é algo básico e digno de muitos reparos mas para estar sem mais rodeios cá vai: É sem dúvida interessante observar que este governo que tanto luta pelas energias renováveis e pela mobilidade eléctrica seja o primeiro a sepultar o único meio que, na actualidade, é verdadeiramente autónomo e usa (ou pode usar) exclusivamente electricidade.
É interessante observar que esta gente se preocupa mais em chegar a Madrid em 3 ou 4 horas de comboio do que a Castelo Branco ou à Guarda.
É interessante observar que, o nosso nível de vida desce, os combustíveis fosseis aumentam, o expectável aumento da utilização de TP por estes meios acontecerá e a CP (e a Transtejo ) desmantelam frota...
De Pat a 17 de Dezembro de 2010 às 16:35
sim, isso é interessante, é mais facilmente se embarcam esforços para um TGV que vai servir muito pouco o cidadão comum, do que para salvar uma linha regional. Olhem para o comboio para o Porto, o alfa e o intercidades estão sempre esgotados nos fins de semana. As pessoas não se importam de ir de comboio. Algumas das linhas que estão a ser fechadas poderiam ser exploradas inclusivé, para fins turisticos. Não tenho duvidas de que o problema da CP é má gestão.
De CAV a 20 de Dezembro de 2010 às 10:18
O problema da CP não é má gestão. Ela foi colocada lá propositadamente para o comboio ser extinguido aos poucos.
De citadino a 20 de Dezembro de 2010 às 23:00
Em relação à exposição da rua ou melhor da pseudo rua, é interessante constatar que a tentativa de mudar o conceito de Cidade continua firme, agora através da Rua… afinal segundo as tendências “universitárias” tudo é cidade, por isso, tudo é rua! e já agora, o que é que a Citroen tem a ver com a rua?
De Maria Lisboa a 20 de Dezembro de 2010 às 23:22
Paralelismo para reflexão:
Seculo XX: O que a Voisin tinha a ver com Le Corbusier?!
Século XXI: O que a Citroen tem a ver com Ascher?!

Comentar post

subscrever feeds

Google (lousy) Translation

autores

pesquisar

posts recentes

Acabou a maior vergonha n...

Nova rede ciclável de Lis...

Caça à multa ou ao dispar...

O estacionamento como fun...

Tuk-tuks e as bicicletas,...

Os peões e as bicicletas ...

O excesso de velocidade d...

A mobilidade sustentável ...

O lado "verde" do apoio a...

10 Dicas para a bicicleta...

tags

lisboa(223)

ditadura do automóvel(211)

ambiente(204)

bicicleta(157)

cidades(113)

portugal(112)

peões(103)

sinistralidade(74)

carro-dependência(67)

estacionamento(67)

transportes públicos(66)

bicicultura(62)

economia(57)

espaço público(57)

comboio(48)

auto-estradas(42)

automóvel(38)

trânsito(31)

energia(30)

portagens(27)

todas as tags

links

arquivos

Janeiro 2017

Setembro 2016

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006