Segunda-feira, 29 de Novembro de 2010

Como evitar a chuva de bicicleta

Em países onde a chuva é uma constante, há páginas com previsões detalhadas da chuvas. Isto dá um jeitão a quem se desloca de bicicleta (ou de mota*), que assim pode planear melhoras suas deslocações. Apesar de Portugal ter menos dias chuvosos que a Holanda e a Dinamarca, não deixa de ser uma problema ocasional.

Que eu saiba, o território nacional não está totalmente com radares de pluviosidade, mas pouco falta. Infelizmente esta informação não está unificada toda na mesma página, e pior não existem previsões para a chuva nas próximas horas. Contudo observando os locais onde choveu nos últimas horas - e as páginas que deixo a seguir têm a possibildiade de ver o radar de 30 em 30 minutos - é fácil ter uma ideia para onde é que a chuva se está a deslocar.

Instituto de Meteorologia - apenas cobre o Sul de Portugal.

Agencia Estatal de Meteorlogia (Espanha) - não cobre a Grande Lisboa.

 

 

Do exemplo acima, e usando a imagem de meia hora antes, percebe-se que há chuva prestes a chegar a Cascais e Sintra (a Oeste de Lisboa) e que passado mais um pouco, ela chegará ao centro da cidade.

 

Adenda, algumas sugestões deixadas pelos leitores:

AccuWeather: Lisboa Porto outras com previsões hora-a-hora.

Meteo IST: com previsão muito detalhada da quantidade de chuva nas próximas horas para os aeroportos. Tem ainda qualquer ponto de Portugal Continental com menos detalhe.

 

* Curiosamente a pergunta "e como fazes quando chove?" com um tom de desprezo é feita a quem anda de bicicleta, mas nunca a vi a ser feita a quem anda de mota.

 

...............................................................................

A meteorologia até ajuda a bicicleta em Portugal, o Estado é que prefere ajudar o carro elétrico. A ler no Blogue Cenas a Pedal Uns são filhos, outros enteados.

publicado por MC às 02:27
link do post | comentar | favorito
24 comentários:
De Miguel a 29 de Novembro de 2010 às 10:52
No Accuweather (http://www.accuweather.com/pt/pt/lisboa/lisbon/hourly.aspx) é possível ver a previsão hora-a-hora. Utilizo este serviço há uns anos, e posso dizer que em 90% das vezes não falha. E em comparação com as previsões do nosso INMG, que são apresentadas na televisão e rádio, é estupidamente mais preciso! Sinceramente tenho dificuldade em perceber porque é que as previsões do tempo apresentadas nos nossos meios de comunicação são tão pouco fiáveis - isto quando serviços como este são tão mais fidedignos. Outra página que consulto é esta: http://www.weatheronline.co.uk/Portugal/Lisbon.htm
Também bastante precisa, mas sem o detalhe hora-a-hora.

Quanto à chuva e ao andar de bicicleta - estas previsões servem para apenas escolher melhor a idumentária - faça chuva ou faça sol, e bicicleta é sempre a opção (e hoje não foi excepção).
De MC a 29 de Novembro de 2010 às 13:01
Obrigado Miguel!
A vantagem dos radares é que têm mais precisão geográfica. Nas páginas de previsão online, tens apenas a previsão nas principais cidades - nada se pode saber sobre Cascais.
Mas obviamente que tendo Lisboa, Porto, etc. já cobre uma grande quantidade de gente.

Vou incluir no post
De Rosa a 29 de Novembro de 2010 às 13:57
O Meteo IST não é só nos aeroportos...
De MC a 29 de Novembro de 2010 às 14:23
Tens razão, não tinha notado.
Obrigado!
De facto dá para fazer previsão para qq ponto do Continente, mas a previsão da chuva é muito imprecisa. Só tem de 2h em 2h, e o gráfico não se lê facilmente :( é pena porque parece-me que as previsões até são bastante detalhadas.

Vou juntar ao post
De MC a 29 de Novembro de 2010 às 14:28
O NET não pode pôr uma cunha para melhorar e legibilidade do gráfico da precipitação? ;)
De Rosa a 29 de Novembro de 2010 às 17:07
hihi :)
Por acaso até os acho bastante legíveis... cada ponto (bolinha) corresponde a uma hora, e o dia está dividido entre as 0h e as 12h.
A escala vertical é que vai variando consoante o pico de maior precipitação, o que pode dificultar a leitura quando se tem um grande pico (como de 10mm) e o resto das horas parece que não chove... o que não é verdade, os pontos estão próximos do zero, mas não no zero. 0,5mm já é chuva! Pelo menos para quem anda de bicicleta...
De TMC a 29 de Novembro de 2010 às 19:16
Não percebo este post :)

Quando alguém vai de bicicleta para o trabalho, suponho que não possa chegar muito atrasado. Quando alguém vem de bicicleta do trabalho, também não deve querer ficar lá muito mais tempo e seguirá para outros compromissos.

A conclusão é que andar de bicicleta em modo pendular casa-trabalho-casa está bastante constrangido pela obediência aos horários. Este facto, que creio ser bastante generalizável para a população activa que anda de bicicleta, retira a suposta liberdade que um aviso ou um radar de chuva nos proporcionaria: "vai chover? Ah, então não vou agora."

Claro que há excepções, mas serão poucas.

Não há remédio? Claro que há: aceitar uns choviscos, conduzir com cautela e investir, se as gotas forem gordas, em protecção impermeável. A água não morde. E a sedução da bicicleta ainda passa por aquele lado selvagem e libertador de se expor aos elementos.
De Miguel a 29 de Novembro de 2010 às 19:42
As pessoas não usam só as bicicletas para ir para o trabalho...
Eu quando vou ao supermercado se vejo que vai chover (aqui nos EUA tenho radares desse género na minha cidade e previsões a 15 minutos que se revelam bastante fiáveis) vou de autocarro em vez de ir de bicla ou a pé.
De TMC a 30 de Novembro de 2010 às 00:06
Tudo bem, eu próprio admiti essa possibilidade.

Só que duvido do princípio de um radar ou de uma previsão da chuva poder realmente demover o utilizador de bicicleta da sua jornada. Pelo menos como eu vejo a bicicleta no contexto de ser um transporte citadino.

Para mim a bicicleta é competitiva precisamente porque é capaz de estar na estrada como os carros e as motas. Está-se sujeito à chuva e ao vento, mas isso é parte da atractividade. Se o seu uso for limitado por uns chuviscos não será tão capaz de atrair utilizadores.
De MC a 30 de Novembro de 2010 às 00:39
TMC,
no FB do blogue deixaram este comentário:
"os nossos amigos na holanda vêm o tempo numa página semelhante antes de irem de bike ao supermercado :) às vezes basta saber que não vai chover na próxima meia hora."

Eu acrescento sair meia hora mais tarde do emprego, (ou chegar mais tarde para quem tem esta flexibilidade). ir ao supermercado às 8 em vez de às 6, ir ao cinema à sessão das 4 ou das 6, saber posso ir e vir de bicicleta ou vou de TP, etc.
De Miguel a 29 de Novembro de 2010 às 20:17
Já agora, mesmo que esteja a chover e decidamos mesmo andar de bicicleta, alguém tem sugestões (baratas de preferência, porque um dos motivos porque ando de bicicleta é para poupar dinheiro) para enfrentar melhor a chuva?
A minha bicla já tem guarda-lamas à frente e atrás, mas de resto não sei que tipo de acessórios quer para a bicicleta quer para o ciclista (i.e., eu) são aconselháveis...
De Miguel a 29 de Novembro de 2010 às 21:46
Miguel, a solução é mais simples do que parece: http://www.lisboncyclechic.com/?p=646
De Miguel a 29 de Novembro de 2010 às 23:20
Obrigado Miguel (e também ao anónimo ali de baixo).
Não me podes dar um exemplo de umas sobre-calças impermeáveis (assim tipo um link na Amazon era altamente, porque eu estou nos EUA) para eu ver como são? (é a primeira vez que ouço falar no conceito).
É que eu na parte de cima também não tenho muito problemas, meto uma parka daquelas fininhas que meto por cima da roupa (e da mochila também porque o tamanho já é grandito de propósito) e um gorro e está a andar de mota (ou de bicicleta no caso), mas nas pernas por muito ligeira que seja a chuva acho-a sempre bastante incomodativa.

E para a bicicleta, guarda-lamas e faróis (tenho à frente e atrás) são suficientes?

Já agora, parabéns pelo teu blogue. Não o conhecia , mas fiquei fã! Já faz parte do meu Google Reader.
De T a 30 de Novembro de 2010 às 00:03
Procura por "gore-tex cycling pants" na amazon ou no ebay.
De Miguel a 30 de Novembro de 2010 às 13:26
Obrigado!
Mas não vou dar por umas calças quase tanto como me custou a bicicleta e todos os seus acessórios!
De Miguel a 30 de Novembro de 2010 às 13:27
Obrigado!
Mas não vou dar por umas calças quase tanto como me custou a bicicleta e todos os seus acessórios!
Por esse dinheiro comprava um fato.
De T a 30 de Novembro de 2010 às 17:29
Procura melhor:

http://cgi.ebay.com/NEW-Desert-ECWCS-Style-Gore-Tex-Goretex-Pants-SR_W0QQitemZ280585848057QQcategoryZ104023QQcmdZViewItemQQ_trksidZp5197.m7QQ_trkparmsZalgo%3DLVI%26itu%3DUCI%26otn%3D2%26po%3DLVI%26ps%3D63%26clkid%3D5322482961859269286#ht_913wt_905
De Miguel a 3 de Dezembro de 2010 às 17:24
Calças há muitas - eu uso umas sobrecalças (eu já usava quando andava de mota) para quando um poncho não é suficiente.
Há também as rain-mates, à venda na Cenas a Pedal...

As minhas calças estão a dar o berro, e quando "morrerem", vou arranjar outras do género - sobrecalças largas e baratas.
De Anónimo a 29 de Novembro de 2010 às 22:06
Desculpem desde já a publicidade. Eu uso equipamento impermeável e transpirável. Para mim gore-tex ou novadry costumam fazer parte da solução.

Para a previsão meteorológica confio no www.windguru.cz
De Pedro Fonseca a 29 de Novembro de 2010 às 23:14
Pois eu ando de mota e essa é precisamente uma das perguntas mais comuns: "andas todo o ano?" "E quando chove??". Respostas possíveis: "E tu, andas de carro? E como é que fazes quando está um trânsito impossível??"
De Bessa a 29 de Novembro de 2010 às 23:44
Precisamente. Quando andava de scooter perguntavam-me muitas vezes isso. Agora a minha resposta costuma arrumar a questão: "Tenho um impermeável"

Boa dica a do mapa de Radar, já me ajudou hoje
De JT a 1 de Dezembro de 2010 às 00:48
Na Decathlon (pelo menos em França) tem montes de coisas e a preços bastante acessíveis. De facto como fazem tudo na China....
De Simply Commuting a 1 de Dezembro de 2010 às 11:41
A AccuWeather tem uma aplicação para iPhone que é grátis e muito precisa. Eu nunca saio de casa sem olhar a previsão para o percurso e destino e raramente me engana.
De Simply Commuting a 1 de Dezembro de 2010 às 11:44
Quanto ao Gore-Tex, existem materiais alternativos muito mais em conta no eBay por preços razoáveis.
Comprei umas Patagonia por 35€ (já com portes) que são perfeitas.

Comentar post

subscrever feeds

Google (lousy) Translation

autores

pesquisar

posts recentes

Nova rede ciclável de Lis...

Caça à multa ou ao dispar...

O estacionamento como fun...

Tuk-tuks e as bicicletas,...

Os peões e as bicicletas ...

O excesso de velocidade d...

A mobilidade sustentável ...

O lado "verde" do apoio a...

10 Dicas para a bicicleta...

A EMEL vai investir 40 mi...

tags

lisboa(222)

ditadura do automóvel(211)

ambiente(204)

bicicleta(157)

cidades(113)

portugal(112)

peões(102)

sinistralidade(74)

carro-dependência(67)

estacionamento(67)

transportes públicos(66)

bicicultura(62)

economia(57)

espaço público(57)

comboio(48)

auto-estradas(42)

automóvel(38)

trânsito(31)

energia(30)

portagens(27)

todas as tags

links

arquivos

Setembro 2016

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006