Sábado, 23 de Outubro de 2010

"História de pessoas que não sabem conduzir" no DN

Hoje no DN, há uma reportagem sobre pessoas estranhas, pessoas sem carta.

A jornalista autora da peça, a fernanda câncio, já fez vários artigos sobre a ditadura do automóvel como este sobre o Passeio Livre e, segundo sei, não tem carta também. Ou seja estas pessoas não são estranhas para ela, são estranhas para uma sociedade demasiado centrada no automóvel. Só assim se explica que isto seja tema de capa de um jornal.

É importante que a nossa sociedade novo-rica perceba que não ter carro não é sinónimo de pobreza,. Para lá das pessoas conhecidas que aparecem na reportagem, há outros "famosos" sem carta como o Miguel Carvalho (jornalista/escritor), o Manuel Luis Goucha (TVI), a magistrada Maria José Morgado, o João Amaral Tomaz (ex-secretário de estado dos assuntos fiscais), etc.

A não perder.

No Norte da Europa, por contraste, é muito fácil encontrar pessoas sem carta ou que não conduzem.

 

....................................

Um veículo que não precisa felizmente de carta, é esta estranha bicicleta, a Phantom Bike:

(obrigado Patrick)

tags:
publicado por MC às 12:27
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De t a 23 de Outubro de 2010 às 15:11
Eu também era daquelas que não tirava a carta porque não queria..andei oito anos inscrita e só à um ano é q me decidi que afinal eu queria e acima de tudo precisava mais do que muito de a ter..
Realmente há imensos famosos que não a têm..a questão é que não é por não a termos que não deixamos de poluir..
Ponho em dúvida se a senhora magistrada Maria José Morgado ou o sr. João Amaral Tomaz por não terem não tenham no entanto motoristas que claramente utilizam um veiculo automovel como meio de transporte... portanto não é por ai..eu continuo a andar muito a pé, porque me dá um tremendo gozo..mas carta é carta!
Como eu costumo dizer só não a falta que ela faz quem não a tem!
*Gostei do artigo e acho o blog interessante..
Penso, é que há condutores que são ponderados e cívicos e há outros que não.. Isso depende da pessoas em si!
Beijocas
De MC a 24 de Outubro de 2010 às 17:00
O João Amaral Tomaz, sei que quando era secretário de estado, dispensava os serviços do motorista. A Maria José Morgado (cujo falecido companheiro, o Saldanha Sanches, também não tinha carro) vejo-a muitas a andar a pé...
De Henrique a 27 de Outubro de 2010 às 21:06
Eu já estou acostumado com a reação das pessoas quando digo que não tenho carro e que a minha permissão para dirigir venceu há muito tempo, mas muitos já concordam comigo quando digo o quanto economizo com isso. E isso ainda vai virar moda, como diz este bem-humorado artigo: "I may, finally, be the man of the future" (visto em http://www.ft.com/cms/s/2/233a0992-dbf4-11df-af09-00144feabdc0.html)
De André a 30 de Outubro de 2010 às 00:55
Eu como já disse aqui recebo uns pontos negativos na minha consideração sempre que digo que não tenho carta...e só tenho 20 anos...

Comentar post

subscrever feeds

Google (lousy) Translation

autores

pesquisar

posts recentes

Nova rede ciclável de Lis...

Caça à multa ou ao dispar...

O estacionamento como fun...

Tuk-tuks e as bicicletas,...

Os peões e as bicicletas ...

O excesso de velocidade d...

A mobilidade sustentável ...

O lado "verde" do apoio a...

10 Dicas para a bicicleta...

A EMEL vai investir 40 mi...

tags

lisboa(222)

ditadura do automóvel(211)

ambiente(204)

bicicleta(157)

cidades(113)

portugal(112)

peões(102)

sinistralidade(74)

carro-dependência(67)

estacionamento(67)

transportes públicos(66)

bicicultura(62)

economia(57)

espaço público(57)

comboio(48)

auto-estradas(42)

automóvel(38)

trânsito(31)

energia(30)

portagens(27)

todas as tags

links

arquivos

Setembro 2016

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006