Terça-feira, 23 de Fevereiro de 2010

Brilhante! A inversão de valores da ditadura do automóvel numa fotografia só

O Apocalipse Motorizado mostra com uma simples fotografia como o mundo está ao contrário. Apesar de não ser frequente em Portugal, em muitos países existe uma indicação escrita no alcatrão para lembrar os peões que devem ter atenção aos carros quando atravessam as ruas:

 

 

Na passadeira, a única passagem que o peão tem para se movimentar entre as ilhas a que está restrito, em vez de se chamar a atenção a quem maneja uma máquina mortífera que se pode cruzar com peões, alerta-se o peão desprotegido para ter cuidado.

 

O que seria então uma sociedade humana, onde a potencial vítima é mais importante que o potencial homicida? Simples, isto:

 

 

Onde os peões e os carros se cruzam, o passeio é contínuo. É o carro que por favor pode passar ali, não o contrário.

 


 

O Passeio Livre conta algo semelhante. Numa rua onde foram colocados pilaretes a proteget o passeio, passados poucos dias e pela calada da noite, alguém destrui os pilaretes. Um a um. O que passará pela mente de alguém que sai de casa a meio da noite e faz isto?

publicado por MC às 20:04
link do post | comentar | favorito
6 comentários:
De rui a 23 de Fevereiro de 2010 às 21:16
Este tipo de solução foi aplicado no eixo pedonal na Alta de Lisboa. Lamento não ter foto mas trata-se exactamente deste tipo de solução, em que o passeio é contínuo criando a sensação que são os automóveis que atravessam o passeio e não os peões que atravessam a estrada. Baixou muito a velocidade dos automóveis embora ainda existam condutores que passam bastante rapido, mesmo arriscando danificarem a suspensão...
De Pedro a 23 de Fevereiro de 2010 às 22:17
gostava de ver essa da Alta.

cá ultimamente até têm fazendo passadeiras elevadas, mas como habitual, fazem aquilo mal, e em vez de aproveitarem a elevacao da passadeira para criar uma continuidade entre o passeio e a estrada, continua sempre a haver um intervalo, continuando a ser dificil de usar por quem anda em cadeira de rodas
De CAV a 24 de Fevereiro de 2010 às 13:10
Genial, mas nunca irá acontecer aqui. Já estou a ver o ACP a fazer um baixo-assinado para acabarem com isto :)
De Luís a 24 de Fevereiro de 2010 às 18:20
Estive o ano passado em Hong Kong e em todas as passadeiras se podia ler escrito no chão uma mensagem semelhante em inglês e chinês (Look Left/Look Right). Neste caso específico até me deu algum jeito, por não estar habituado a lidar com trânsito que circula pela esquerda :)



De ehgarde a 27 de Fevereiro de 2010 às 11:57
Em http://www.facebook.com/album.php?aid=2053703&id=1403306715 uma série de fotos do centro da cidade de Paredes, no Porto, onde a mobilidade é (mais ou menos) respeitada, com uma solução semelhante à da foto de baixo.
As fotos ainda não estão comentadas; mais irei fazê-lo à medida que o tempo o permita.
De MC a 23 de Março de 2010 às 23:42
como escrevi no facebook, esse albúm está muito interessante, e CM está de parabéns.
aconselho a todos.

Comentar post

subscrever feeds

Google (lousy) Translation

autores

pesquisar

posts recentes

Não podemos estar indifer...

É fisicamente impossível ...

Se o estacionamento não f...

O planeamento urbano cent...

Mais estradas não resolve...

E também não, um carro em...

Não, um carro estacionado...

Até na OMS há preocupaçõe...

Os supermercados que cobr...

Até as multas ao estacion...

tags

lisboa(224)

ditadura do automóvel(216)

ambiente(208)

bicicleta(157)

cidades(114)

portugal(113)

peões(103)

sinistralidade(74)

estacionamento(71)

carro-dependência(67)

transportes públicos(66)

bicicultura(62)

economia(58)

espaço público(58)

comboio(48)

auto-estradas(42)

automóvel(39)

trânsito(33)

energia(30)

portagens(27)

todas as tags

links

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Julho 2017

Junho 2017

Janeiro 2017

Setembro 2016

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006