Sexta-feira, 15 de Janeiro de 2010

Portugal, país pobre que move mundos e fundos pelo automóvel

Apesar de Portugal ser apenas o 18º ou 19º país mais rico da UE, não me para de espantar os imensos recursos que parece ter quando está em causa o automóvel. Ele é a zona da Europa com mais auto-estradas, terceiro lugar em número de carros por pessoa, maior crescimento da rede de auto-estradas, etc.

Há pouco tempo referi a compensação que em Portugal é paga a quem se desloca em trabalho na sua própria viatura, um valor tabelado em Diário da República, que é de 0,40€ por km.

Numas buscas no google, tirei o valor que mais vezes encontrei para vários países:

 

Inglaterra: 0,40 libras por milha, 0,28€ por km

França: 0,50€ por km

Espanha: 0,32€ por km

Holanda: 0,19€ por km

(Na Alemanha e Itália as ajudas de custos dependem aparentemente do automóvel).

 

Apesar dos custos de manutenção serem à partida mais baixos por cá, dos preços dos combustíveis estarem abaixo da média, Portugal consegue canalizar mais dinheiro para quem anda de carro do que muitos países europeus.

 


Estão aí mais duas cicloficinas (reparação gratuita de bicicletas!) em Lisboa e agora também no Porto:

Lisboa: Domingo 17 às 15h no Jardim Fernando Pessoa (entre Av. Madrid, Av. Roma e Av. João XXI)

Porto: 5ª-feira dia 21, na CASA VIVA Praça do Marquês nº 167

publicado por MC às 14:46
link do post | comentar | favorito
18 comentários:
De Seguros de carros a 16 de Janeiro de 2010 às 01:02
Artigo de muito, muito interesse, alias como é habitual neste blog. Força, é uma boa causa o mote do blogue!
De Ecotretas a 16 de Janeiro de 2010 às 13:26
Vejam lá como desinformam os V/ leitores! O custo dos combustíveis em Portugal, neste momento, apenas não é superado pela Holanda, Alemanha, Finlândia e Dinamarca, num conjunto de 27 países europeus!
Ecotretas
De Ecotretas a 16 de Janeiro de 2010 às 13:29
Quando acima disse combustíveis, queria referir-me ao custo específico da Gasolina super 95.
Ecotretas
De MC a 16 de Janeiro de 2010 às 14:58
Caro Tretas,
como pode verificar eu - ao contrário de alguém - não mando bocas para o ar. Deixo os links para todos poderem verificar as minhas afirmações.
De Ecotretas a 16 de Janeiro de 2010 às 15:35
Tu linkas para tu próprio! ntão vai ver em energy.eu, se faz favor e confirmar o que eu digo!
Deviam ter vergonha!
Ecotretas
De MC a 16 de Janeiro de 2010 às 16:58
Eu linko para um post meu onde está o link da base de dados de energia da Eurostat. Link DIRECTO.
Atirar assim uma página para o ar sem mais, de pouco vale.

De qualquer modo, só na tua cabeça é que os teus "dados" contrariam o que eu disse.
De Ecotretas a 16 de Janeiro de 2010 às 17:36
Ena! Tens que definir o teu conceito de média. Se a nossa gasolina é a quinta mais cara entre 27, como podes dizer que está abaixo da média???????
Ecotretas
De MC a 16 de Janeiro de 2010 às 18:58
Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah Ah!

Primeiro, eu estou a falar de médias em vários anos. Tu falas-me de uma observação de um único dia. A tua - a ser verdade, ainda não tive nenhuma fonte - não contraria a minha.

Segundo, a tua afirmação sobre média e 5ª maior mostra o teu elevadíssimo conhecimento de matemática. Ficas a saber que é possível ser a segunda maior e ser abaixo da média.

Por mim acabaram as lições de matemática, já perdi tempo demais contigo. Podes despejar o que quiseres
De Ecotretas a 16 de Janeiro de 2010 às 23:08
Estás-te a rir de quê? Da tua ignorância? Aposto que sei mais de matemática do que tu! Provavelmente nem sabes a diferença entre média e mediana sem ir procurar a uma qualquer página da Internet... O valor mais baixo: 0.92 em Chipre. Portugal: 1.30. Valor mais elevado: 1.44 na Holanda.Queres-te enterrar ainda mais? Queres que faça a média por ti? Queres escolher uma qualquer data nos últimos anos? Decide-te, e não enganes os teus leitores!!! Ecotretas
De MC a 17 de Janeiro de 2010 às 00:44
Meu amigo Tretas,
eu dou aulas de estatística a alunos de terceiro ano da licenciatura em Matemática.
E a conversa fica por aqui, ok?
De Ecotretas a 17 de Janeiro de 2010 às 10:12
Como poderia ficar por aqu? Dá-te jeito? Pois fica-te muito bem dizeres o que acima dizes e que transcrevo:

"Apesar dos custos de manutenção serem à partida mais baixos por cá, dos preços dos combustíveis estarem abaixo da média, Portugal consegue canalizar mais dinheiro para quem anda de carro do que muitos países europeus."

Quando a média actual dos 27 países, em termos de gasolina super 85 é de 1.159 euros, quando em Portugal é de 1.30 euros, e quando há apenas quatro países com a gasolina mais cara. Apreende a fazeres contas ou a fundamentares as tuas afirmações. Aliás, todo o artigo é ridicularizado, porque tens aqui a prova de que temos motivos para termos das compensações mais elevadas da Europa!

Ecotretas
De Miguel a 16 de Janeiro de 2010 às 15:20
Engraçado como uma «pessoa» com um blogue cheio de mentiras ainda tem a lata de vir para outros sítios dizer que os outros é que desinformam os leitores.
De Ecotretas a 16 de Janeiro de 2010 às 15:37
Mentiras? Quais? Porquê? Vamos ver se tens a lata de seres consistente!
Ecotretas
De Miguel a 16 de Janeiro de 2010 às 15:51
Só um exemplo entre dezenas que eu tenho mais do que fazer na vida do que discutir com que não me merece o mínimo de respeito: http://ecotretas.blogspot.com/2010/01/ecologistas-rasca.html
Pois, a Quercus disse exactamente o que sempre se disse que as alterações climáticas iam trazer: fenómenos climáticos mais extremos e mais juntos no tempo. Descobriu isso agora foi?!
Gostei particularmente das frases finais: «Da minha parte, recomendo que sejam enviados para os Açores, onde podem existir 4 estações num único dia... Talvez eles façam bem em estudar as alterações climáticas lá do sítio...» Pois, nos Açores há quatro estações num dia então que isso passe a acontecer nos outros sítios é completamente normal, como não vi isso antes?! Mas a viagem podia ser feito por exemplo para um deserto, se lá só chove uns milimetros por ano, então se por exemplo no Sul da Europa isso começar a acontecer qual o espanto?! É completamente normal, afinal de contas também acontece noutros sítios.
E isto já para não falar dos fantásticos posts sobre o Alqueva e a gestão dos recursos hídricos, é que vê-se que foi escrito por alguém que dedicou anos de estudo à volta daquilo (uma pessoa que tenha tido uma cadeira de recursos hídricos - ou que tenha lido um bom livro sobre o assunto - sabe o absurdo da maior parte das coisas que lá escreveu sobre o tema).
E eu fico-me por aqui.
De Ecotretas a 16 de Janeiro de 2010 às 17:57
Compreendo que também estejas à rasca! Primeiro, sobre as alterações climáticas: o vosso problema é não terem história, nem saber o que aconteceu há anos! É que o Inverno deste ano chama-se um regresso aos Invernos de antigamente. Mas os profetas da desgraça não têm memória! Se chove a mais são alterações climáticas; se chove a menos são alterações climáaticas; se não acontece nada são alterações climáticas; se se invoca a teoria do caos, são alterações climáticas! Mas a sociedade vai-vos dar a resposta. Vai ver os comentários do Público sobre essa notícia para teres uma ideia do pensamento colectivo sobre coisas como a Quercus! Por isso, onde está as mentiras que tu referiste?
E sobre o Alqueva, generalizas mais mentiras! Qual o absurdo que referes, para além efectivamente do desperdício de energia que se verificou? É que já desmontei estas pseudo-críticas através de vários emails que tenho trocado, alguns a invocar que sabiam muito daquilo. E estão agora convencidos do desperdício que se verificou... Deves ser mais um daqueles ecologistas do género dos que foram ridicularizados em http://ecotretas.blogspot.com/2009/12/monckton-vs-greenpeace.html

Ecotretas
De Miguel a 16 de Janeiro de 2010 às 18:02
Amen.
De Miguel a 16 de Janeiro de 2010 às 15:53
E também gostava de saber se andei consigo na escola para me tratar por tu.
De Ecotretas a 16 de Janeiro de 2010 às 17:39
Eu trato por tu muita gente que não andou comigo na escola...
Ecotretas

Comentar post

subscrever feeds

Google (lousy) Translation

autores

pesquisar

posts recentes

Nova rede ciclável de Lis...

Caça à multa ou ao dispar...

O estacionamento como fun...

Tuk-tuks e as bicicletas,...

Os peões e as bicicletas ...

O excesso de velocidade d...

A mobilidade sustentável ...

O lado "verde" do apoio a...

10 Dicas para a bicicleta...

A EMEL vai investir 40 mi...

tags

lisboa(222)

ditadura do automóvel(211)

ambiente(204)

bicicleta(157)

cidades(113)

portugal(112)

peões(102)

sinistralidade(74)

carro-dependência(67)

estacionamento(67)

transportes públicos(66)

bicicultura(62)

economia(57)

espaço público(57)

comboio(48)

auto-estradas(42)

automóvel(38)

trânsito(31)

energia(30)

portagens(27)

todas as tags

links

arquivos

Setembro 2016

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006