Sexta-feira, 26 de Junho de 2009

Até na Bolívia...

Não é só do Norte da Europa que nos chegam exemplos de cidades mais humanas, em oposição a cidades das máquinas. Na capital de um dos países mais subdesenvolvidos da América Latina há lombas a sério para garantir baixas velocidades na cidade. Descontando raras excepções as cidades portuguesas apenas têm lombas a fingir, que apenas travam quem tem uma paixão pelos amortecedores.

 

Todos os domingos a avenida principal é totalmente fechada ao trânsito e devolvida às pessoas, onde há barraquinhas e concertos. Alguém imagina isso a acontecer na "Avenida" da Liberdade ou na "Avenida" dos Aliados?

 

Em todo o centro o espaço público é mesmo de todos. Quem quer estacionar têm que ter ou pagar por uma garagem. Em Portugal, contam-se pelos dedos da mão as ruas e praças onde isso acontece.

 


Citação do ano: "É hilariante a ideia de utilizar a bicicleta como meio de transporte para ir trabalhar! Para passear, praticar desporto, etc... tudo bem, mas, quanto ao resto, francamente, não me venham com lirismos!"

 

Paulo Lourenço, editor adjunto, "Jornal de Notícias, 19-06-2009

 

Palavras para quê, é um artista português!

publicado por MC às 11:43
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Sexta-feira, 5 de Junho de 2009

Não sou eu, és tu

Ao caro automobilista,

que perdeu meia hora devido ao congestionamento provocado pelos outros automobilistas - ai que bom seria se todos os outros fossem de autocarro, assim não te empatariam,

que agora não aguenta perder 5 segundos devido a mim,

 

um "lento" ciclista,

que não se quer desviar para bem junto dos carros estacionados em segunda fila reduzindo o número de faixas,

e que tem o displante de andar mais depressa que tu em grande parte das ruas entupidas da cidade:

 

já pensaste que, se fosses de bicicleta, de mota ou num carro mais estreito, me conseguirias ultrapassar sem problema? O problema não é a minha velocidade, mas a enorme caixa de metal que insistes em levar para todo o lado.

 


A ler n'Os Verdes em Lisboa:

Um especialista em desenvolvimento sustentável considerou hoje que em Portugal “há demasiado investimento em auto-estradas em detrimento da mobilidade ecológica”, lamentando que o consumo de energia no sector do transporte seja “cada vez mais parecido ao dos EUA”.

publicado por MC às 16:18
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Quinta-feira, 4 de Junho de 2009

Cenas do Quotidiano do Automobilista Imperador do Universo II

Numa qualquer rua, numa qualquer cidade perto de si:

  Automobilistas que desconhecem o significado do amarelo intermitente e atravessam passagens de peões com verde sem se quer abrandar, colocando a vida dos outros em perigo.

  Automobilistas que ocupam o espaço dos outros, estacionados perpendicularmente no passeio cortando completamente o espaço do peão.

  Automobilistas que consideram que o seu tempo é mais valioso do que o tempo de outras 50 pessoas, não cedendo a passagem a autocarros e desrespeitando o código da estrada.

  Automobilistas que acabando de entrar numa rua acham que os outros deveriam ter sido antecipadamente informados da aproximação de Sua Excelência, buzinando contra tamanho desrespeito, "esquecendo-se" que são eles que desrespeitam o código da estrada.

  Automobilistas que circulam a 80km/h em ruas centrais da cidade, pondo a vida dos outros em perigo.

 

A tudo isto os outros reagem com uma imensa serenidade e sem qualquer protesto. Quando eu, como peão, desrespeito o código da estrada, colocando apenas a minha vida em perigo e atrasando o Exmo Automobilista por um segundo, sou automaticamente brindado com buzinadelas, berros, ofensas e (com sorte) com o dedinho espetado.


A ler: parece que o presidente da CML quer retirar 80 mil carros da cidade se for reeleito, através da promoção do transporte público, aumento do preço do estacionamento, zonas 30 e afins. Como já oiço semelhantes promessas há mais de uma dúzia de anos (talvez com a curta excepção de Carmona Rodrigues, o edil oficial do lobi automóvel), não lhes dou qualquer credibilidade.

publicado por MC às 10:28
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Cenas do Quotidiano do Automobilista Imperador do Universo I

De manhã a televisão mostra-nos incessantemente imagens de várias auto-estradas e vias-rápidas de Lisboa e Porto. O locutor vai-nos enunciado o estado do congestionamento em todas elas. De 15 em 15 minutos repete-se a longa e enfadonha lenga-lenga. Mesmo fora desses minutos, o Exmo. Sr. Dr. Automobilista é constantemente informado através de uma caixa no rodapé da televisão.

Muda-se e remuda-se de canal, mas a cena repete-se.

Liga-se a rádio, troca-se e retroca-se de estação, e nada nos salva do "trânsito muito complicado nos acessos à IC324 na zona de Vila do Popó". Há até rádios que têm números de telefone gratuitos para informação sobre o estado do trânsito. Agora já não é tão comum, mas antes das modernices das câmaras na estrada, havia helicópetros a sobrevoar Lisboa apenas para informar os Exmos automobilistas ouvintes das rádios sobre o congestionamento.

Para lá da maioria dos portugueses, que não vivendo nas grandes cidades, têm que aturar com isto, o que me choca é que nunca há qualquer informação para quem anda de transportes públicos. Metade da população de Lisboa e Porto tem todos os media a pensar neles constantemente, enquanto a outra metade não tem direito a saber de interrupções em faixas BUS que provocam longos atrasos nos autocarros, sobre problemas de circulação nas linhas de metro e de comboio, sobre carreiras de autocarro momentaneamente afectadas. Absolutamente zero.

 

Eu vou escrever às TVs e rádios a criticar a situação, queixa-te tu também.

 

P.S. Nem de propósito, pouco tempo antes de eu ter escrito esta posta houve uma interrupção na linha amarela do Metro de Lisboa que durou 20 a 30 minutos. Não passou na rádio (pelo menos na que eu estava a ouvir) nem aparece qualquer referência no Google News. Um interrupção semelhante numa AE teria direito a cobertura em grande, agora esta coitada não meteu carros...


Blogues relacionados que descobri recentemente:

Moving People (PT)

Diário do Tripulante (PT)

Wheels vs Legs (PT)

Por Cidades Mais Sustentáveis (BR)

Cidade Ideal (PT)

Lisbonize (PT)

publicado por MC às 09:55
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito

subscrever feeds

Google (lousy) Translation

autores

pesquisar

posts recentes

É fisicamente impossível ...

Se o estacionamento não f...

O planeamento urbano cent...

Mais estradas não resolve...

E também não, um carro em...

Não, um carro estacionado...

Até na OMS há preocupaçõe...

Os supermercados que cobr...

Até as multas ao estacion...

Comércio local cresce

tags

lisboa(224)

ditadura do automóvel(215)

ambiente(208)

bicicleta(157)

cidades(114)

portugal(113)

peões(103)

sinistralidade(74)

estacionamento(71)

carro-dependência(67)

transportes públicos(66)

bicicultura(62)

economia(58)

espaço público(58)

comboio(48)

auto-estradas(42)

automóvel(39)

trânsito(33)

energia(30)

portagens(27)

todas as tags

links

arquivos

Setembro 2017

Julho 2017

Junho 2017

Janeiro 2017

Setembro 2016

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006