Terça-feira, 29 de Dezembro de 2009

Cheias na cidade

Em dia de cheias em Portugal Continental, com caves e casas destruídas em várias cidades,  mesmo em locais afastados de rios, vale a pena lembrar que este problema é provocado em parte pela impermeabilização dos solos (ver por exemplo esta tese de mestrado).

A impermeabilização dos solos nas cidades deve-se ao facto da maior parte da área urbana estar coberta por alcatrão (ruas e estacionamento). Os passeios com calçada à portuguesa, os canteiros, os jardins, etc. não são solos impermeáveis.

 


A ler: uma posta sobre um subúrbio sem automóveis no A Nossa Terrinha (não deve ter problemas com as cheias)

publicado por MC às 20:10
link do post | comentar | favorito
9 comentários:
De JMM a 30 de Dezembro de 2009 às 12:46
Sobre a real permeabilidade da calçada à portuguesa é necessário tratar este assunto com algum rigor. Mesmo em pavimentos com o revestimento em cubos de vidraço calcário, executados com o método construtivo tradicional (terra compactada, caixa de areia e sem aglomerantes) a percentagem de infiltração não vai além de cerca de 2% da água que cai sobre esse tipo de pavimento - a quase totalidade da água é drenada superficialmente.
O que me parece muito importante é a existência de um planeamento urbano que tenha uma abordagem cuidada quanto ao relevo (declives, bacias hidrográficas), às características geológicas dos solos que se pretendem urbanizar e de existirem zonas de infiltração e bacias de retenção que regulem a drenagem superficial.
De MC a 9 de Janeiro de 2010 às 02:16
JMM,
muito obrigado pelo comentário. Eu ainda procurei esse valor dos 2% mas não encontrei.
Qual é a percentagem de um jardim?
De Rodrigo a 30 de Dezembro de 2009 às 15:21
Não percebo porque na zona dos estacionamentos não utilizam aqueles tijolos com buracos para permitir a infiltração da água
De CAV a 30 de Dezembro de 2009 às 15:47
Já para não falar no lixo que entope tudo o que permitiria o escoamento. Somos um povo tão limpinho e educado...
De Rogério Leite a 4 de Janeiro de 2010 às 11:08
Ih, bem vindo PT ao mundo aquecido globalmente! Em breve deverás fundar outro blog "MENOS UMA LANCHA", e faremos campanha pelo uso do PEDALINHO - barquinhas movidas a pedal!... heheheh... Minha cidade é a 18a na lista da ONU das regiões que irão ser inundada pelo mar devido ao aquecimento global, mas vc acha que alguém está se importando com isto? Serão 40km2 inundados pelo mar, segundo os cientistas, e ninguém está nem ao menos comentando o assunto. A única vantagem disto é que o primeiro ponto alagado serão as garagens subterrâneas, cheias de carros! Quem sabe assim, provocamos a redução no número deles! MENOS VÁRIOS CARROS!!! ;))
De MC a 9 de Janeiro de 2010 às 02:19
Rogério, há uns tempos vi uma foto brilhante que nunca mais consegui encontrar.
Era tirada em Amesterdão (cidade a altitude zero) de uma frase escrita na parte de baixo de uma ponte levadica, de modo a que os carros que estivessem parados à espera que a ponte descesse a pudessem ler. A frase dizia algo como "se continuar a utilizar o carro, esta ponte vai deixar de ser necessária" :)
De Rogério Leite a 9 de Janeiro de 2010 às 13:26
Como os 20 anos de DOMINAÇÃO HOLANDESA em Recife deixaram uma marca profundissima no povo, mas nenhuma ponte levadiça, a frase demorou para ser entendida. Mas afinal, "caiu a ficha". Aqui observo marés cada vez mais altas, praias cada vez mais curtas, rios com nível elevado, alagamentos com muita frequência depois de pequenas chuvas, dentre outros. Calçar ou pavimentar as ruas AINDA é considerado modernidade. Plantar árvores, fazer sombras e ter atenção ao nível dos rios, ecobobagens! E outro dia, de repente, notei que na maré cheia, a água dos rios sobe tanto que quase toca o fundo das pontes... antes podiamos navegar mesmo de maré cheia... agora..................! Mas tente conversar sobre isto numa roda de amigos e perceba que ninguém notou, ou está se importando com isto... quando acontecer, vamos ouvir muitos, "mas como isto aconteceu?!?!"
De MC a 9 de Janeiro de 2010 às 20:59
Rogério, eu também não tinha explicado bem...
Fiz mais um esforço e encontrei a famosa ponte! Cá está num blog brasileiro até:

http://blog.danielflorencio.com/2007/10/23/ativistas-ecologicos/

Comentar post

subscrever feeds

Google (lousy) Translation

autores

pesquisar

posts recentes

Acabou a maior vergonha n...

Nova rede ciclável de Lis...

Caça à multa ou ao dispar...

O estacionamento como fun...

Tuk-tuks e as bicicletas,...

Os peões e as bicicletas ...

O excesso de velocidade d...

A mobilidade sustentável ...

O lado "verde" do apoio a...

10 Dicas para a bicicleta...

tags

lisboa(223)

ditadura do automóvel(211)

ambiente(204)

bicicleta(157)

cidades(113)

portugal(112)

peões(103)

sinistralidade(74)

carro-dependência(67)

estacionamento(67)

transportes públicos(66)

bicicultura(62)

economia(57)

espaço público(57)

comboio(48)

auto-estradas(42)

automóvel(38)

trânsito(31)

energia(30)

portagens(27)

todas as tags

links

arquivos

Janeiro 2017

Setembro 2016

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006