Terça-feira, 29 de Dezembro de 2009

Uma rua menos central na Holanda

Vídeo de um minuto apenas com vários exemplos de acalmia de tráfego e afins.

(O YouTube não gosta de acentos)

 


Bem a propósito, o bananalogic tem um vídeo do centro de uma cidade holandesa, de onde foram retirados os automóveis nas últimas décadas.

publicado por MC às 04:05
link do post | comentar | favorito
5 comentários:
De Rogério Leite a 29 de Dezembro de 2009 às 11:53
MC... repliquei o video no meu blog, como uma forma de resposta aos vários questionamentos sobre como seria possível melhorar o tráfego, retirando espaço de vias estreitas. O vídeo é bem claro sobre isto. A cidade já tem alguma discussão entre seus vereadores (poder legislativo local), e exemplos assim servem para deixar claro que as soluções existem, mas precisa mais do que discussão para elas irem para as ruas. É preciso "peito" e muita "raça" para enfrentar a gritaria geral que seria sua implantação. Eu sou adepto das medidas "vaselina"... ir mexendo aqui, ali, acolá, devagarzinho ir introduzindo estas alterações...mas sempre dentro de um plano maior. Espero que funcione para clarificar as idéias dos locais! Ótimo vídeo!
De MC a 9 de Janeiro de 2010 às 02:06
Obrigado Rogério!!
De flip a 29 de Dezembro de 2009 às 22:47
existem alguns tópicos que eu gostava que explorassem por aqui, mas por ora deixo três:

1º - O que opinam sobre as paragens de autocarro que na verdade são mais painéis publicitários para mupis de que abrigos de chuva, vento e frio

2º - O que acham das várias classes de carros nas portagens de autoestradas, ou melhor, não acham que o sistema actual incentiva os pesados a não circular nas autoestradas?

3º - Áreas metropolitanas - Assumindo que todos dormem na periferia, trabalham no centro da cidade, qual é a distância razoável entre casa-trabalho para que se possa exigir bons transportes públicos e a partir do qual já é aceitável o carro?
De MC a 9 de Janeiro de 2010 às 02:13
flip,
da minha parte
1. desde que a função publicitária não diminua muito o passeio disponível, não me choca muito.
2. julgo que os os pesados têm descontos se circularem de noite - normalmente têm uma maior liberdade na escolha do horário, logo a situação não é assim tão má. de qualquer modo, um pesado provoca mais desgaste e mais congestionamento que um ligeiro, por isso não me choca a diferença de preço
3. não sei se percebo... o que é a distância tem a ver com a exigência de bons transportes públicos?
De Henrique a 31 de Dezembro de 2009 às 00:24
Ótimo vídeo, curto e esclarecedor. Aumentar o uso da bicicleta é simples assim: reduzir o espaço e a velocidade dos carros, mais algumas medidas baratas de sinalização viária.

Comentar post

subscrever feeds

Google (lousy) Translation

autores

pesquisar

posts recentes

Nova rede ciclável de Lis...

Caça à multa ou ao dispar...

O estacionamento como fun...

Tuk-tuks e as bicicletas,...

Os peões e as bicicletas ...

O excesso de velocidade d...

A mobilidade sustentável ...

O lado "verde" do apoio a...

10 Dicas para a bicicleta...

A EMEL vai investir 40 mi...

tags

lisboa(222)

ditadura do automóvel(211)

ambiente(204)

bicicleta(157)

cidades(113)

portugal(112)

peões(102)

sinistralidade(74)

carro-dependência(67)

estacionamento(67)

transportes públicos(66)

bicicultura(62)

economia(57)

espaço público(57)

comboio(48)

auto-estradas(42)

automóvel(38)

trânsito(31)

energia(30)

portagens(27)

todas as tags

links

arquivos

Setembro 2016

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006