Quarta-feira, 9 de Dezembro de 2009

Um deputado com pedalada

Acordei com a rádio TSF divulgando anúncios de prevenção rodoviária, seguidos de promoção descarada ao automóvel na publicidade e, pelo meio, um apelo dos bombeiros à necessidade de se rever a modalidade da "marcha de emergência". Tudo isto adveio do choque vergonhoso ocorrido na Avenida da Liberdade entre automóveis do Ministério da Administração Interna e da Assembleia da República. Aparentemente, estavam em "marcha de urgência" para irem a um beberete e uma delas passou um vermelho.

 

E é então que surge esta pequena maravilha. É verdade, nós também temos um lobby, está a crescer, devagarinho, mas é inevitável. O deputado chama-se José Soeiro, está de parabéns e explica porque vai para o parlamento de bicicleta. Todos os dias. Não digo a respectiva cor porque a bicicleta, sendo política, não é ideológica. É apenas algo que está certo.

 

 

 

 

 

publicado por TMC às 13:11
link do post | comentar | favorito
18 comentários:
De Joana a 9 de Dezembro de 2009 às 14:33
A Helena Roseta, vereadora da Câmara Municipal de Lisboa, faz o mesmo nas suas deslocações para a câmara. Na tal cidade, que horror, cheia de colinas...
De Sergio SOusa a 9 de Dezembro de 2009 às 14:56
Tb ouvi.. mto bom!
De Tárique a 9 de Dezembro de 2009 às 18:18
A Helena Roseta mora a 100 metros da CML :)

Penso que há dois deputados chamados José Soeiro: 1 do bloco com 24 anos e outro do PCP com 61 anos. Qual deles se desloca de bicicleta?
De joaninha a 9 de Dezembro de 2009 às 19:29
q entrevista lindinha!!:)
(tárique, é o mais novito, do be)

sim, é um acto político, nao ideológico ou partidário...é agir!! (ainda hj vi uma publicidade do euromilhoes, a promover o carro indiv, num autocarro!!contrasensos!)

um abraço ao zé, q continue xeio de pedalada em cima da bicicleta e em tudo o q faz!:)

De TMC a 9 de Dezembro de 2009 às 19:28
Espero que seja o de 60 anos porque o de 24 não devia ser deputado.
De Dario Silva a 10 de Dezembro de 2009 às 02:52
Esta dos 24 anos e não dever ser deputado... não percebi.

No tempo do meu pai, 24 anos já era tempo de ter voltado de uma guerra em África.
De Pedro a 9 de Dezembro de 2009 às 19:46
Quem é que convida o homem a vir à massa critica para trocar umas palavrinhas?

Agora falta ele pegar a moda a mais uns deputados (Seja do BE ou do CDS :P ).
Era bom ver o exemplo a vir de cima, o que nunca acontece.
De CAV a 9 de Dezembro de 2009 às 23:33
Naturalmente deve ser visto como um "weird", um totó...
De Joana a 10 de Dezembro de 2009 às 12:50
Sem dúvida, deve ser bem gozado pelas costas...
De Catarina a 10 de Dezembro de 2009 às 18:22
Gozado?! Hmm, só se for com "inveja" de vê-lo cheio de saúde e genica. O problema pode ser vê-lo como jovem que isto já não é para os senhores de fato e gravata já de rabo feito no acento do automóvel... como se enganam!
Eu já nem digo pô-los a andar de bicicleta, mas não percebo o porquê de tanta visibilidade a um transporte tão pouco eficiente na cidade.
De Joana a 10 de Dezembro de 2009 às 18:43
Deviam ter "inveja", deviam. Mas não chegam aí, porque não percebem... Têm discursos bonitos (quando os têm), mas é sempre para os outros. Até porque, já se sabe, ser deputado é "incompatível" com a utilização da bicicleta. Desde logo, como dizes, há o inultrapassável problema físico (o rabinho "feito no acento do automóvel"). Depois, temos os "meros funcionários" do parlamento que vão para lá de automóvel. O funcionário vai de carro e o deputado de bicicleta? Não, não, não pode ser! O exemplo tem de vir de cima!
De CM a 10 de Dezembro de 2009 às 09:53
Mas vai de bicicleta com frequência, ou é "uma vez por mês"?
De Catarina a 10 de Dezembro de 2009 às 18:15
Fantástico! O conceito de devagar se vai ao longe não se aplica à bicicleta na cidade mas aplica-se à mudança de valores em Portugal.
Há um e apenas um deputado, esperemos que o primeiro de vários! Excelente exemplo e esperemos que daqui a uns anos o facto de um deputado ir de bicicleta para o Parlamento não seja fruto de notícia ;)
De Bici a 10 de Dezembro de 2009 às 20:19
podia organizar algo como na sic, e irem um dia por mes de bicicleta.

se pegasse era um exemplo bom para toda a gente, e seria giro ver deputados a irem (pelo menos um dia) de bici .
De CAV a 10 de Dezembro de 2009 às 21:58
Deputado, político em geral, empresário e o classe média ignorante ainda acham que bicicleta é para pobre. Nunca vão atingir esse patamar. Os pobres (de espírito) são eles.
De joaninha a 10 de Dezembro de 2009 às 23:32
isto de pôr políticos e empresários num saco de pessoas comodistas que se tao a cagar pó mundo e querem é encher os seus bolsos ou o seu ego é de quem nao tem contacto c nenhum deles! mts serão assim, está claro, mas haverá uns tantos q nao o sao, q tao ali pq sp pertenceram a movimentos sociais e pq acreditam realmente q ha coisas q podem mudar!! e o usar a bicicleta, tds os dias, é algo q vem d alguem q s importa!
a ideia d haver um dia por mês q o ppl td da assembleia ia de bicicleta era grande ideia!eheh
abraços
De MC a 9 de Janeiro de 2010 às 01:49
joaninha,
concordo com a tua crítica ao generalismo. muitas pessoas não gostam de pensar muito, e ao generalizarem e usando lugares-comuns conseguem arranjar a sua maneirinha de ver o mundo sem grande esforço.

Comentar post

subscrever feeds

Google (lousy) Translation

autores

pesquisar

posts recentes

Nova rede ciclável de Lis...

Caça à multa ou ao dispar...

O estacionamento como fun...

Tuk-tuks e as bicicletas,...

Os peões e as bicicletas ...

O excesso de velocidade d...

A mobilidade sustentável ...

O lado "verde" do apoio a...

10 Dicas para a bicicleta...

A EMEL vai investir 40 mi...

tags

lisboa(222)

ditadura do automóvel(211)

ambiente(204)

bicicleta(157)

cidades(113)

portugal(112)

peões(102)

sinistralidade(74)

carro-dependência(67)

estacionamento(67)

transportes públicos(66)

bicicultura(62)

economia(57)

espaço público(57)

comboio(48)

auto-estradas(42)

automóvel(38)

trânsito(31)

energia(30)

portagens(27)

todas as tags

links

arquivos

Setembro 2016

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006