Sexta-feira, 28 de Agosto de 2009

As nossas Avenidas Novas e as deles

Várias zonas centrais de Lisboa, como as Avenidas Novas, são muito semelhantes a zonas  centrais de Barcelona. Semelhantes pelo tipo de edifício, pelas décadas de planeamento e construção, pela localização central na cidade, pelo tamanho e disposição dos arruamentos, pela co-existência de escritórios e habitação, pela abundância de transportes públicos. Mas há uma diferença muito notória, as de Lisboa têm sempre 4 faixas de estacionamento e passeios estreitos,

 

 

enquanto as de Barcelona têm passeios largos e no máximo duas faixas de estacionamento.

 

 

Algumas, tanto largas como estreitas, nem uma faixa estacionamento automóvel têm! Os residentes e os trabalhadores em Barcelona não têm portanto as mesmas facilidades em estacionar que têm os de Lisboa, em termos de preço e disponibilidade. Os moradores de Lisboa até têm estacionamento de borla.

 

À partida todos concordamos numa coisa, as de Barcelona são mais agradáveis por terem menos carros. E no que toca às anunciadas "calamidades" que advêm da redução do estacionamento à superfície?

Esta zona de Barcelona deveria estar abandonada. Na realidade está mais viva e com mais movimento que a equivalente em Lisboa.

E o comércio local? O de Barcelona recomenda-se e encontram-se várias lojas das grandes cadeiras. Em Lisboa o comércio foge da cidade.

Os habitantes deveriam ter fugido por falta de estacionamento, mas eles não parecem querer sair dali. Entretanto em Lisboa vemos o número de habitantes a decrescer.

 

Há outros factores a ter conta, mas parece-me azar a mais todas as previsões saírem furadas. E não precisamos de falar de Barcelona. Podemos falar de Madrid, Milão, Sevilha, Paris, etc. 

publicado por MC às 19:42
link do post | comentar | favorito
5 comentários:
De Rogério Leite a 29 de Agosto de 2009 às 12:35
Ótima comparação, MC, tanto nas fotos quanto no texto, irônicamente ácido, porém não demais! Desculpas são o alimento dos políticos incompetentes. Se mais e mais pessoas criticarem estas posições, quem sabe um dia, com muito esforço, baseado no sacrificio pessoal que "estas figuras" passarão ao "perder o bonde da história", consigam entender, que em tempos de internet, NINGUÉM cai mais nestas desculpas esfarrapadas!
De Rodrigo a 31 de Agosto de 2009 às 15:27
Boas.
Muito bom o blog em geral e este post em particular
Em Outubro faz 3 anos que vivo em Barcelona, a vinda para esta cidade aguçou ainda mais o gosto pela bicicleta tanto de cidade como de desporto.
Antes de vir para Barcelona os meus amigos chamavam-me louco por andar de bicicleta em Lx felizmente alguns deles já mudaram de ideia e começaram a usar ainda que apenas para passear.
Em Barcelona ter carro é um custo mais, e um perfeito pesadelo, a juntar ao aluguer da casa (que aqui é muito alto) tem de se alugar um espaço de garagem, deixar na rua e estacionar nas zonas permitidas tem de se pagar e deixar o carro longe porque o mais provável é não haver lugar.
As ciclovías e o bicing (sistema de partilha de bicicletas do ayuntamento) ajudam muito a circulação na cidade.
Mesmo assim Bcn esta longe de ser um exemplo de cidade no uso da bicicleta, mas muito bom em comparação com Lisboa.
Uma rede de transportes eficaz, taxis híbridos (que começam a aparecer por aqui) e proibição de zonas de estacionamento, fazem uma grande diferença numa cidade.
Ter um carro devia ser um luxo, como é aqui em Bcn.
Mesmo assim o fluxo diário de carros a entrar em Bcn continua a ser muito elevado, a próxima medida que ouvi falar aqui para controlar o fluxo de carros é criar corredores express para entrar e sair da cidade disponível só a carros com a lotação máxima, transportes públicos e ambulâncias.

com calma Lisboa lá chegará, o mais difícil sempre é mudar hábitos
havemos de conseguir
De MC a 2 de Setembro de 2009 às 15:00
Obrigado Rodrigo

já agora, por acaso não tens um link com o preço dos carros para os residentes? Procurei isso há pouco tempo e não encontrei.
De Rodrigo a 5 de Setembro de 2009 às 10:59
tipo emel cá do sitio?

posso procurar

isso, o numero de carros por morador e cuanto custam os parquimetros.

ter um espaço de garagem custa entre 100 a 150 mês
De MC a 21 de Setembro de 2009 às 14:56
Desculpa o atrasao
dizia o preço de ter uma vinheta de estacionamento para residente, algo que em Lisboa é grátis para lá do custo administrativo.
Sabes quanto custa?

Comentar post

subscrever feeds

Google (lousy) Translation

autores

pesquisar

posts recentes

Acabou a maior vergonha n...

Nova rede ciclável de Lis...

Caça à multa ou ao dispar...

O estacionamento como fun...

Tuk-tuks e as bicicletas,...

Os peões e as bicicletas ...

O excesso de velocidade d...

A mobilidade sustentável ...

O lado "verde" do apoio a...

10 Dicas para a bicicleta...

tags

lisboa(223)

ditadura do automóvel(211)

ambiente(204)

bicicleta(157)

cidades(113)

portugal(112)

peões(103)

sinistralidade(74)

carro-dependência(67)

estacionamento(67)

transportes públicos(66)

bicicultura(62)

economia(57)

espaço público(57)

comboio(48)

auto-estradas(42)

automóvel(38)

trânsito(31)

energia(30)

portagens(27)

todas as tags

links

arquivos

Janeiro 2017

Setembro 2016

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006