Quarta-feira, 1 de Abril de 2009

Repórter Menos Um Carro

O Gonçalo do Ma Fyn Bach envia-nos estas fotografias da zona ribeirinha de Lisboa. Bem junto ao novo terminal para barcos, onde se poderia esperar que houvesse autocarros para facilitar a articulação dos transportes públicos, o que existe na realidade é

 

 

um parque de estacionamento privado para a TransTejo. Depois há esta colocação estranha de pilaretes,

 

 

que mais parecem servir para afastar os peões dos carros que ao contrário. A poucos metros, temos o habitual espectáculo,

 

 

porquê desperdiçar espaço com o passeio, se lá cabem duas filinhas de popós. Os peões podem sempre ir pelo alcatrão. Mas respeitem o espaço dos automóveis, senão ainda são culpados pelo vosso próprio atropelamento. Mais à frente, há estacionamento selvagem,

 

 

 

em frente a um estacionamento totalmente vazio,

 

 

mas pago. Os outros que paguem pelo meu uso do espaço público.

 


A ler, também uma contribuição de outro leitor (L.R.), O código das estradas no Jornal de Negócios:

Quando se faz uma estrada, está-se a criar uma infra-estrutura moderna. Quando se faz disso o modelo de desenvolvimento económico, está-se a criar uma estrutura atrasada. Está a acontecer com Sócrates como aconteceu com Cavaco.
(...)
Portugal já é dos países da Europa com mais quilómetros de estradas "rápidas" (auto-estradas, IC e IP). A utilidade marginal de cada novo quilómetro é cada vez menor. E como já se viu com as urgências, escolas e tribunais (que em boa política têm encerrado), uma estrada a mais não é necessariamente melhor que uma estrada a menos. Até porque gastar ali é não investir acolá: reabilitação urbana, por exemplo, que gera crescimento rápido e preenche necessidades prementes.
publicado por MC às 02:17
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Chas a 1 de Abril de 2009 às 23:23
Conheço bem os locais...é triste verificar que tudo continua tão amador...

E melhor é o plano para a ciclovia Belém- Cais do Sodré, ser junto ao Rio, obrigando a um uso de lazer e não como alternativa de transporte. Quem quiser aceder à mesma ao longo de todo este corredor só o pode fazer através de duas passagens superiores, tudo o resto é um "muro"entre o rio e a cidade e a ciclovia fica condenada a calar movimentos de mobilidade e sem usabilidade.
De MC a 2 de Abril de 2009 às 00:58
Também haverá ciclovias a ligar jardins (onde estão os empregos e as habitações das pessoas obviamente)...

Por um lado é dinheiro deitado fora e só ajuda a colar a ideia de lazer à bicicleta. Por outro, tenho esperanças que isso ajude muita gente a lembrar-se que a bicicleta é um meio de transporte.
A ver vamos

Comentar post

subscrever feeds

Google (lousy) Translation

autores

pesquisar

posts recentes

Nova rede ciclável de Lis...

Caça à multa ou ao dispar...

O estacionamento como fun...

Tuk-tuks e as bicicletas,...

Os peões e as bicicletas ...

O excesso de velocidade d...

A mobilidade sustentável ...

O lado "verde" do apoio a...

10 Dicas para a bicicleta...

A EMEL vai investir 40 mi...

tags

lisboa(222)

ditadura do automóvel(211)

ambiente(204)

bicicleta(157)

cidades(113)

portugal(112)

peões(102)

sinistralidade(74)

carro-dependência(67)

estacionamento(67)

transportes públicos(66)

bicicultura(62)

economia(57)

espaço público(57)

comboio(48)

auto-estradas(42)

automóvel(38)

trânsito(31)

energia(30)

portagens(27)

todas as tags

links

arquivos

Setembro 2016

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006