Segunda-feira, 23 de Fevereiro de 2009

Ovo de colombo

Quando comecei a deslocar-me de bicicleta em Lisboa, há mais de uma década atrás, habituei-me a ouvir graçolas, que só mostravam a visão terceiro-mundista sobre quem se deslocava num transporte que custa cem vezes menos do que um carro. Felizmente já não há ninguém que fique espantado com um ciclista em Lisboa, e os comentários patetas passaram.
Há dias, para compensar, ouvi a melhor boca de sempre. Em hora de ponta numa avenida de Lisboa, o trânsito a avançar a passo de caracol, uma barulheira de buzinas, os carros apertavam-se para avançar pelos buraquinhos, os cruzamentos entupidos com os carros que tinham ficado do verde anterior, os peões a ziguezaguearem entre a muralha de automóveis para atravessar a avenida. Eu de bicicleta, a passar nas frestas onde as motas não cabiam, era claramente o mais rápido na avenida. Um homem que tentava atravessar a rua ao ver-me, comentou com quem ia lado num tom de quem acabou de descobrir a solução dum quebra-cabeças:

"Olha, boa!"

 


Triste notícia para Coimbra (já atrasada): os planos para o IC2 na zona de Coimbra prevêem o atravessamento de um viaduto de 40 metros de largura, ao longo de 150m pela Mata Nacional do Choupal (parque histórico de 79ha ao longo do rio, utilizado por muitos para lazer). Parece inacreditável, não é? Mais uma vez nada impede os viadutos de atravessarem áreas protegidas, bairros residenciais, jardins, etc.

Mais na página da Plataforma contra o viaduto.

Obrigado Tiago

publicado por MC às 18:23
link do post | comentar | favorito
8 comentários:
De anabananasplit a 23 de Fevereiro de 2009 às 20:07
Isso é "biciculturizável". ;-)
De MC a 23 de Fevereiro de 2009 às 22:33
Grrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr........... que estúpido.
Obrigado por me lembrares.

Para quem não percebeu, é só abrir http://planeta.bicicultura.org
De CM a 25 de Fevereiro de 2009 às 10:32
Cada vez são (somos!) mais!
Ainda há dias entre Telheiras e o Horto do Campo Grande, contei 9 ciclistas, comigo 10!
Já não é possível andar por Lisboa sem os ver... passa um, passa outro, passam cada vez mais :)
Estamos a meio do processo de passagem de bestas a bestais, acho eu.
De T a 25 de Fevereiro de 2009 às 18:41
Assim parece. Ainda hoje em Matosinhos me cruzei com outros 6 velocípedes, isto até à hora de almoço e em percursos que dificilmente são usados para efeitos meramente lúdicos.
De MC a 28 de Fevereiro de 2009 às 00:49
Sete no espaço de uma hora na zona da 5 de outubro em Lisboa... (não contando comigo que ia a pé)
De Marlene Marques a 2 de Março de 2009 às 11:47
Vejam só a frase do Miguel Esteves Cardoso no Público : "O ciclismo é uma decisão pessoal de ser forreta, saudável e mais sacrossanto do que os demais. Em vez de pedinchar benefícios fiscais, haviam de pagar imposto por stressarem os automobilistas e armarem-se em bons enquanto stressam. Comprem um veículo eléctrico; aceitem a preguiça humana e calem-se de uma vez por todas". Miguel Esteves Cardoso, PÚBLICO, 27-02-2009
De nuno granja a 8 de Março de 2009 às 16:04
coitado do MEC

proporcionou a quem o ouviu e leu bons momentos na década de 80 e inícios da de 90
na época fui uma das melhores entre as várias pedradas no charco

o combustivel que usou nessas fases loucas, derreteu-lhe o fisico e os cerebro (com drogas não costuma haver herois e a excepção que confirma a regra deverá chamar-se Keith Richards)

hoje é um tipo que vive da imagem que construiu à quase 20 anos, alimenta-se bem e claramente não percebe que os tempos são outros

em memória do que nos deu no passado merece alguma condescedência no presente


De MC a 8 de Março de 2009 às 19:10
Obrigado pelo comentário!
Vindo de quem vem, acho que de facto não merece resposta...

O único comentário que mereceu (e por razões pessoais) é este
http://5dias.net/2009/03/05/obsessoes/
do João Branco, que foi quem lançou o projecto de lei que o MEC refere..
A única coisa que a lei pede, é que as bicicletas sejam PELO MENOS tratadas como os carros eléctricos em termos fiscais (já que a desculpa do governo para apoiar estes, era por eles serem "ecológicos"...) Ou seja neste momento um carro eléctrico tem um apoio estatal por ser ecológico, mas a bicicleta não...

Comentar post

subscrever feeds

Google (lousy) Translation

autores

pesquisar

posts recentes

Nova rede ciclável de Lis...

Caça à multa ou ao dispar...

O estacionamento como fun...

Tuk-tuks e as bicicletas,...

Os peões e as bicicletas ...

O excesso de velocidade d...

A mobilidade sustentável ...

O lado "verde" do apoio a...

10 Dicas para a bicicleta...

A EMEL vai investir 40 mi...

tags

lisboa(222)

ditadura do automóvel(211)

ambiente(204)

bicicleta(157)

cidades(113)

portugal(112)

peões(102)

sinistralidade(74)

carro-dependência(67)

estacionamento(67)

transportes públicos(66)

bicicultura(62)

economia(57)

espaço público(57)

comboio(48)

auto-estradas(42)

automóvel(38)

trânsito(31)

energia(30)

portagens(27)

todas as tags

links

arquivos

Setembro 2016

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006