Domingo, 7 de Dezembro de 2008

Uma tarde ao sol, junto ao rio... drive-in

A dependência física e emocional do automóvel não para de me espantar.

Na zona junto ao rio em Belém/Alcântara em Lisboa, sempre que há um belo dia de sol, há dezenas de exemplares desta gente que vêm de carro, estacionam em frente ao rio, ficam horas fechadas dentro da caixa metálica a ler ou a olhar para o boneco, e voltam para casa. Nada de um passeiozinho, de um café numa esplanada ou pura e simplesmente sentar-se do lado de fora do carro nos vários bancos que há por ali.

Só não devem jantar e ver televisão dentro do carro, porque o carro não cabe na sala.

 

Outra coisa que não compreendo, é o porquê de ser possível estacionar mesmo à beira do rio. Os carros estão por vezes tão próximos da beira, que é impossível passar a pé. Na foto dá para perceber que só passa ali uma pessoa de cada vez, em segurança. Quem quer passear junto ao rio, não pode!  Tem sempre os popós a tapar a vista.

 

Outras paranoias drive-in.

 


Vídeo a ver: uma acção de Park(ing) -  transformação de um lugar de estacionamento na rua num pequeno jardim que pode ser usufruido por todos, em vez de haver uma privatização do espaço público - que nos traz a StreetFilms.

publicado por MC às 00:07
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Filipe a 7 de Dezembro de 2008 às 19:23
E depois ainda há gente que se queixa dos contentores! É que os contentores ainda dão dinamismo à economia do país e beleza à paisagem, já esses carros...
De Orlando Santos a 13 de Dezembro de 2008 às 01:50
Essa dos contentores darem beleza à paisagem, deixou-me baralhado.
Fora com os carros e os contentores...

Comentar post

subscrever feeds

Google (lousy) Translation

autores

pesquisar

posts recentes

Nova rede ciclável de Lis...

Caça à multa ou ao dispar...

O estacionamento como fun...

Tuk-tuks e as bicicletas,...

Os peões e as bicicletas ...

O excesso de velocidade d...

A mobilidade sustentável ...

O lado "verde" do apoio a...

10 Dicas para a bicicleta...

A EMEL vai investir 40 mi...

tags

lisboa(222)

ditadura do automóvel(211)

ambiente(204)

bicicleta(157)

cidades(113)

portugal(112)

peões(102)

sinistralidade(74)

carro-dependência(67)

estacionamento(67)

transportes públicos(66)

bicicultura(62)

economia(57)

espaço público(57)

comboio(48)

auto-estradas(42)

automóvel(38)

trânsito(31)

energia(30)

portagens(27)

todas as tags

links

arquivos

Setembro 2016

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006