Terça-feira, 3 de Junho de 2008

Trocar o carro pela bicicleta

Eu gosto sempre destes depoimentos de quem tem essa ideia esquisitóide de largar o automóvel nas suas deslocações diárias. Aqui fica um bem interessante, com a vantagem de ser alguém que o trocou por bicicleta+barco em Lisboa.

(apanhado na lista da Massa Crítica e publicado com autorização)

 

Este post dirige-se principalmente àqueles que simpatizam com a ideia de andar de bicicleta na cidade, mas ainda andam de carro todos os dias, como eu andava.. (muitos de vós talvez o façam só porque.. não conhecem bem as alternativas e/ou nunca fizeram bem as contas. Era o meu caso. Nós os tugas a “deixar andar” somos os maiores. Mea Culpa).
Até irem de bicicleta para o trabalho, considerem um passo intermédio e, se ainda não o fazem, experimentem os transportes. Depois avaliem a hipótese de combinar a bike com os transportes públicos, evitando o carro ao máximo e ga$tando o mínimo. 

Eu já desisti de trazer carro para Lisboa todos os dias, e sabe-me “MUITA BEM” vir no barco de manhã. Vêem-se pessoas (algumas muito bonitas... se é q me entendem), há onde beber café, há tempo para ler o jornal, ler um livro, ouvir mp3 e ou organizar as tarefas do dia (na cabeça, no papel, na agenda, no telemóvel, pda ou pc portatil), apreciar a paisagem (Lisboa é linda, em particular ver a Praça do Comércio de frente, no meio do Tejo), não correm o risco de ter acidentes rodoviários (só aqui, é: a saúde, as penalizações no emprego, e os custos de reparação do carro, seguro, etc, etc... que já foi mencionado)...

Sim, em alguns casos (e só em alguns) perdem-se alguns minutos em relação ao carro, mas em qualidade de vida e dinheiro, ganha-se sempre!!

Mudei-me para o Montijo há pouco tempo e ainda nao tinha aderido a isto, mas a minha vida agora é:

 - carro para o barco (13min+ pouco gasóleo + 14,90eur de passe de estacionamento por mês)

 - barco Montijo-Cais do Sodré (25min)

 - autocarro (5min)+38,10eur de passe da CARRIS+Metro+Transtejo para Montijo.

14,90+38,10=53eur.. E eu que pagava cerca de 45eur só em portagens na Pte Vasco da Gama.(20dias por mês). Fora o gasóleo, que anda barato à brava. Resta “afinar” o percurso casa-barco e barco-emprego, e é aqui que entra a bike, nem que o faça com o passe no bolso em prol do bem estar físico e psicológico.

Mal esteja bom do punho, conto vir de bicicleta no barco pelo menos um ou outro dia por semana (para começar).

Se calhar se não fosse ter partido o punho e ver-me impedido de conduzir, não tinha experimentado já os transportes e continuava a adiar.

Sei que soa estranho, mas.. ainda bem que o parti.

 

 


Notícia recomendada: as partículas emitidas pelo trânsito causam problemas neurológicos possivelmente de longo prazo, na BBC. Encontrada no Carfree Times 50

tags:
publicado por MC às 23:24
link do post | comentar | favorito

subscrever feeds

Google (lousy) Translation

autores

pesquisar

posts recentes

Nova rede ciclável de Lis...

Caça à multa ou ao dispar...

O estacionamento como fun...

Tuk-tuks e as bicicletas,...

Os peões e as bicicletas ...

O excesso de velocidade d...

A mobilidade sustentável ...

O lado "verde" do apoio a...

10 Dicas para a bicicleta...

A EMEL vai investir 40 mi...

tags

lisboa(222)

ditadura do automóvel(211)

ambiente(204)

bicicleta(157)

cidades(113)

portugal(112)

peões(102)

sinistralidade(74)

carro-dependência(67)

estacionamento(67)

transportes públicos(66)

bicicultura(62)

economia(57)

espaço público(57)

comboio(48)

auto-estradas(42)

automóvel(38)

trânsito(31)

energia(30)

portagens(27)

todas as tags

links

arquivos

Setembro 2016

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006