Quarta-feira, 28 de Maio de 2008

Afinal há alternativas ao automóvel para o dia-a-dia III

Sempre que ando nos autocarros da Carris - e descontando o período nocturno - há algo que me chama sempre à atenção, a enorme quantidade de mulheres a bordo. Não é raro haver 20 mulheres e um homem, mas é raro ver mais homens que mulheres.

O que me leva a questionar... será que as mulheres vivem em bairros especiais com melhores transportes públicos que os bairros onde vivem os homens? Será que elas trabalham, estudam, vão passear a locais com melhor cobertura da Carris, enquanto os homens trabalham em locais à parte?

publicado por MC às 14:46
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De Ze dos engates a 28 de Maio de 2008 às 16:03
Shiuuu... não me estragues os engates!! os homens ainda se lembram de ir com elas... e depois? como me safo? :P
De MC a 28 de Maio de 2008 às 16:14
;)

Eu estive para acrescentar que infelizmente as presentes não eram grandes estrelas... o que é um ponto fraco dos transportes públicos, tenho que reconhecer.
De AndréV a 28 de Maio de 2008 às 22:11
cá no porto é a mesma coisa

outra curiosidade é que mulheres vê-se de todas as idades

homens vê-se ou já idosos ou entao muito jovens
homens de meia idade ve-se pouco

será que tem a haver com o facto de muitas vezes os homens ficarem com o único carro da família carro e a mulher não?
De GPais a 29 de Maio de 2008 às 10:34
Estão-se a passar?? e então a virilidade??? O q seria de um verdadeiro macho latino se fosse visto em transportes públicos em vez de ser visto ao volante de um bólide??? Francamente.......

Comentar post

subscrever feeds

Google (lousy) Translation

autores

pesquisar

posts recentes

Comércio local cresce

Ferrovia vs Rodovia em Po...

Dieselgate, só por si, ca...

Emissões da rodovia aumen...

Emissões CO2 de baterias ...

Santos Populares vs Carro...

Documentário de 1973 da R...

Acabou a maior vergonha n...

Nova rede ciclável de Lis...

Caça à multa ou ao dispar...

tags

lisboa(224)

ditadura do automóvel(211)

ambiente(208)

bicicleta(157)

cidades(114)

portugal(113)

peões(103)

sinistralidade(74)

estacionamento(68)

carro-dependência(67)

transportes públicos(66)

bicicultura(62)

economia(57)

espaço público(57)

comboio(48)

auto-estradas(42)

automóvel(39)

trânsito(31)

energia(30)

portagens(27)

todas as tags

links

arquivos

Junho 2017

Janeiro 2017

Setembro 2016

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006