Quinta-feira, 22 de Maio de 2008

14* milhões de euros, queimadinhos todos os dias

Segundo a DGEE, Portugal importou em termos líquidos em 2007 cerca de 5 mil milhões de euros em petróleo e refinados (livres de impostos), ou seja 14 milhões de euros por dia. E isto foi no ano passado, quando o famoso Brent custou em média 52,7€. Neste preciso momento está a 84€, o que dá para imaginar quanto vai subir este custo em 2008.

São 14 milhões que todos os dias saem do  país porque nas últimas décadas apostámos exclusivamente no automóvel. 14 milhões porque construímos 2000km de auto-estradas e outros tantos de IPs e ICs, enquanto destruíamos a ferrovia e descurávamos os transportes públicos. 14 milhões porque as nossas cidades estão pensadas para quem anda de automóvel, e desprezam os outros modos bem mais poupadores de energia. 14 milhões porque queimar combustível dentro do carro dá status na nossa sociedade... e quanto mais  eles queimam, mais status dão.

14 milhões que vão enriquecer governos, que na sua maioria são corruptos.

14 milhões que poderiam ser bem menos, se já há muito tempo tivéssemos arrepiado caminho e feito as escolhas correctas.

Baixar os impostos agora é um convite ao "deixa andar", é adiar uma mudança inevitável, e é acima de tudo diminuir o dinheiro que fica por cá e ao mesmo tempo garantir às Arábias Sauditas, Iraques, Rússias, Angolas e Venezuelas que lhe vamos continuar a oferecer prendas cada vez mais chorudas todos os dias nas próximas décadas.

 

* 14 foi a conta que fiz, e trata-se das importações líquidas. Aqui cita-se o Diário Económico, onde se diz que o valor é de 18 milhões ao dia a preços de 2007, e que hoje será de 21. De qualquer modo estes 18 ou 21 são o valor da importação total, mas como nós reexportamos combustível, o custo estará certamente mais próximo dos 14.

 


Para um post bem mais optimista, dêem uma olhada nas notícias sobre o PediBus lisboeta recolhidos no bananalogic!

publicado por MC às 18:14
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De José M. Sousa a 22 de Maio de 2008 às 22:01
E depois vêm dizer que a economia está anémica, o crescimento é fraco, etc. Pudera. Esquecem algo elementar: é que da fórmula de cálculo do PIB constam as importações como parcela com sinal (-).Portanto se estoiramos dinheiro desta maneira, não é de admirar. Poupem e o PIB cresce!
Acontece é que o país empobrece, mas os administradores e afins de certas empresas (GALP, etc.) estão sempre na maior, até ver!
De Marlene Marques a 28 de Maio de 2008 às 11:24
Por um lado acho que a subida do preço dos combustíveis vai provocar um abrandamento da economia, e vai prejudicar os sectores que mais dependem do petróleo, mas acho que o ministro da Economia tem razão. Vamos aproveitar esta subida para promover energias alternativas e amigas do ambiente. Moro no Porto e uso diariamente o autocarro e o metro para o trabalho por que é muito mais barato. Há muito boa gente que pode ir de transportes públicos mas não largam o seu carrinho nem por nada... Que bando de comodistas!

Comentar post

subscrever feeds

Google (lousy) Translation

autores

pesquisar

posts recentes

Nova rede ciclável de Lis...

Caça à multa ou ao dispar...

O estacionamento como fun...

Tuk-tuks e as bicicletas,...

Os peões e as bicicletas ...

O excesso de velocidade d...

A mobilidade sustentável ...

O lado "verde" do apoio a...

10 Dicas para a bicicleta...

A EMEL vai investir 40 mi...

tags

lisboa(222)

ditadura do automóvel(211)

ambiente(204)

bicicleta(157)

cidades(113)

portugal(112)

peões(102)

sinistralidade(74)

carro-dependência(67)

estacionamento(67)

transportes públicos(66)

bicicultura(62)

economia(57)

espaço público(57)

comboio(48)

auto-estradas(42)

automóvel(38)

trânsito(31)

energia(30)

portagens(27)

todas as tags

links

arquivos

Setembro 2016

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006