Quinta-feira, 22 de Maio de 2008

Sacanas

O meu avô materno morava em Benfica (Lisboa), onde eu passava sempre alguns dias das minhas férias quando era miúdo. Gostava especialmente de jogar futebol com o vizinho de cima, num campo de futebol aberto que havia mesmo em frente. Nós éramos só dois, ainda por cima novinhos, e frequentemente éramos forçados a voltar para trás porque o campo estava ocupado.

 

Bem no centro da fotografia pode ver-se o que aconteceu ao campo das minhas memórias de miúdo. Uns sacanas fizeram-lhe um "upgrade" para parque de estacionamento.

Menos um espaço para desporto, menos um espaço para relaxar, menos um espaço aberto para as pessoas, menos um espaço para os miúdos do bairro poderem brincar, correr e estar. Mais um espaço estupidamente convertido exclusivamente para esse monstro sedento de espaço urbano que é o automóvel.

 

 


Notícia recomendada: A Quercus apresentou hoje 10 propostas para promover a mobilidade sustentável. Concordo com quase tudo, mas como economista não posso deixar de torcer o nariz a estacionamentos gratuitos para automóveis junto a estações de comboio e a gasóleo profissional. Por que raio hão essas coisas de serem pagas por todos, inclusivé quem só anda a pé ou de bicicleta? O que deve ser feito é aumentar o preço das más alternativas, ou seja encarecer o estacionamento no centro em vez de oferecer estacionamento gratuito nos subúrbios.

publicado por MC às 00:48
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De João Soares a 22 de Maio de 2008 às 11:10
Olá MC

Não há uma comissão de moradores em Benfica?
As associações locias não devem descortinar da sua importância e participação cívica.
Veja-se o engodo da Parque Expo: em menos de 10 anos transformada numa muralha insustentável de cimento, buracos, obras, lodo no cais, alcatrão e umas migalhas verdes...mas os moradores começam a agitar-se...
De MC a 22 de Maio de 2008 às 16:43
Não faço a mínima ideia do que passa em Benfica...
Há ainda o exemplo de Telheiras, que era a Expo dos anos 80. Ainda há uma zona minimamente agradável (se bem que atafulhada de automóveis porque cada família tem 2 ou 3), e o resto são prédios e parques de estacionamento. Telheiras também está estupidamente cercada por auto-estradas, sendo quase impossível chegar ao bairro a pé.

O que me choca mais na zona residencial da Expo, são os condomínios fechados... mas isso lá será do agrado dos moradores.
De João Soares a 22 de Maio de 2008 às 11:13
..."locais"...

Um abraço
De JA a 24 de Maio de 2008 às 16:58
Recordo-me muito bem desse espaço, onde os miúdos jogavam à bola....e estava sempre ocupado.
Cresci a 100 metros deste local, mas a minha infância já tinha ido embora no tempo deste "campo" de futebol. Quando eu era garoto, nenhum destes prédios existia. Era uma grande quinta, que ia até ao Cemitério de Benfica. Bem ...falta de locais "verdes", não tínhamos não, nessa década de 60. Nesta mesma quinta, existiam umas boas árvores de frutas e, as cobiçadas canas da Índia que faziam os melhores arcos para flechas.
Era na altura em que o Cemitério de Benfica fazia fronteira com a paisagem agrícola. Pobre Benfica...desde os anos 60 que estamos mal de futebol.....e urbanismo

Comentar post

subscrever feeds

Google (lousy) Translation

autores

pesquisar

posts recentes

Se o estacionamento não f...

O planeamento urbano cent...

Mais estradas não resolve...

E também não, um carro em...

Não, um carro estacionado...

Até na OMS há preocupaçõe...

Os supermercados que cobr...

Até as multas ao estacion...

Comércio local cresce

Ferrovia vs Rodovia em Po...

tags

lisboa(224)

ditadura do automóvel(214)

ambiente(208)

bicicleta(157)

cidades(114)

portugal(113)

peões(103)

sinistralidade(74)

estacionamento(71)

carro-dependência(67)

transportes públicos(66)

bicicultura(62)

economia(58)

espaço público(58)

comboio(48)

auto-estradas(42)

automóvel(39)

trânsito(33)

energia(30)

portagens(27)

todas as tags

links

arquivos

Julho 2017

Junho 2017

Janeiro 2017

Setembro 2016

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006