Segunda-feira, 28 de Abril de 2008

Portuguesa acabada de chegar da Holanda

Uma familiar acabada de chegar da Holanda, dizia que por lá "as bicicletas contam mais que a pessoas".
Para lá do equívoco entre a falta de habituação a cidades com 3 - em vez de 2 - modos de transportes independentes (problema este que numa ou duas semanas passa, como qualquer um que já tenha passado por essa experiência sabe) por um lado, e as prioridades no espaço urbano holandês por outro, esta afirmação mostra como as mentes no Sul da Europa estão tão formatadas em termos da prioridade do carro no espaço urbano.
Não reparou que as ruas não estão empilhadas de estacionamento à superfícies, não reparou que as praças são mesmo praças com esplanadas e jardins em vez de estacionamentos, não reparou que o trânsito é obrigado a circular a velocidades muito menores (especialmente nas zonas residenciais), não reparou que há muito mais ruas pedonais, não reparou que não há um ruído de motores e buzinas constante, não notou que os bairros não são rasgados ao meio por vias-rápidas , não reparou que os peões não são encostados num cantinho e forçados a dar voltas gigantescas e a esperar e desesperar só para ir ali ao fundo, não reparou que os peões não estão à beira de um ataque de ansiedade quando atravessam uma rua, etc...
... apenas reparou no que resta para lá do alcatrão, porque aceita o espaço ocupado pelo alcatrão como um inquestionável direito do deus automóvel. E ao fazer isso, nem reparou que as sobras por lá são bem maiores que as de cá.

Como exemplo referia uma rua onde a ciclovia quase que ocupava o passeio inteiro, sem se aperceber que no centro de Lisboa há avenidas sem passeio. E entre andar a pé numa ciclovia ou no alcatrão, acho que não há dúvidas sobre o mais agradáve
l.



Post recomendado: biocombustíveis e dirty cars no BioTerra
publicado por MC às 11:32
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De Mario a 28 de Abril de 2008 às 17:09
Viver com menos petróleo e menos tubo de escape (http://klepsydra.blogspot.com/2008_03_01_archive.html#6199715618706011946)
De Verdade a 28 de Abril de 2008 às 18:24
»»A VERDADE acerca da actual cidadezeca(?!) chamada Lisboa e do actual estado do "País"(?!) chamado Portugal :-» XUNGAS e VAGABUNDOS por todo o lado!!...Ruas Mal cheirosas cheias de porcaria!...IDOSOS com Bonés na Cabeça a vaguearem pelas ruas com Ar DESALETADO/DEPRIMIDO!!...Prédios e Habitações Horrorosas!!...SALOIOS por todo o lado!...GENTE FEIA mal vestida e mal educada por todo o lado!!...etc,ETC!!...DE FUGIR!!...Uma DEPRIMENTE MEDIOCRIDADE!!...
De Veritas a 28 de Abril de 2008 às 18:25
Bem dito,Verdade. São uns MAL CHEIROSOS!!...DE FUGIR!!Uma DEPRIMENTE TRISTEZA!!
De rui a 2 de Fevereiro de 2013 às 13:29
e verdade mas tudo isso custa muito caro e da origem de muitas reemigracoes principalmente dos portugueses que esta habituado a liberdade

Comentar post

subscrever feeds

Google (lousy) Translation

autores

pesquisar

posts recentes

Não podemos estar indifer...

É fisicamente impossível ...

Se o estacionamento não f...

O planeamento urbano cent...

Mais estradas não resolve...

E também não, um carro em...

Não, um carro estacionado...

Até na OMS há preocupaçõe...

Os supermercados que cobr...

Até as multas ao estacion...

tags

lisboa(224)

ditadura do automóvel(216)

ambiente(208)

bicicleta(157)

cidades(114)

portugal(113)

peões(103)

sinistralidade(74)

estacionamento(71)

carro-dependência(67)

transportes públicos(66)

bicicultura(62)

economia(58)

espaço público(58)

comboio(48)

auto-estradas(42)

automóvel(39)

trânsito(33)

energia(30)

portagens(27)

todas as tags

links

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Julho 2017

Junho 2017

Janeiro 2017

Setembro 2016

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006