Sexta-feira, 18 de Abril de 2008

Publicidade enganosa.

Não é qualquer marca automóvel que consegue uma referência neste blog. Como é óbvio não irei dizer bem da marca nem incentivar a compra do modelo apresentado...

Vejamos o anúncio que tem passado nas nossas televisões:


Não sei se gosto mais de imaginar Lisboa sem automóveis ou de sonhar a preto e branco...

Para criar um ambiente ideal, quem pensou neste anúncio, teve de retirar todos os carros estacionados, teve de realçar os pilaretes e como se vê, teve de por o carro a circular na calçada de praça do múnicipio em Lisboa!!

Ou seja, um ambiente ideal que é um verdadeiro pesadelo na realidade porque de facto nas ruas apresentadas, existem imensos carros estacionados e não existe 1 carro a circular solitário mas milhares...

Neste anúncio Lisboa parece linda, porque as suas ruas estão livres.

Sei também, por fonte segura, que este anúncio não foi feito por portugueses e é utilizado também noutro países, o que ajuda a explicar esta visão idílica da cidade...
publicado por António C. às 20:32
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De Margarida a 20 de Abril de 2008 às 13:42
Gostei do fonte segura....
De joao a 19 de Maio de 2008 às 01:58
publicidade enganosa?!!

Partindo da sua visão entao todos os anuncios de publicidade sao enganosos , e ja agora a Honda e simplesmente a marca mais fiavel do mercado.
De António C. a 19 de Maio de 2008 às 08:14
Olá João!

não quis pôr em causa a fiabilidade da marca ou não... apenas a forma como a cidade é mostrada para promover aquele que tantas vezes é responável pela utilização abusiva do espaço público...

recomendo a leitura deste post do MC:

http://menos1carro.blogs.sapo.pt/110688.html

ele chama ironia, aquilo que eu chamei publicidade enganosa... no fundo são ideias contraditórias.

Gostei do anúncio, por não ter carros em lado nenhum na cidade, no entanto faltam os peões a vida a cor, a luz de Lisboa. Talvez seja já um prenúncio do tempo em que o petróleo acabar e toda a gente já se tenha mudado para os suburbios.

Abraços!

Comentar post

subscrever feeds

Google (lousy) Translation

autores

pesquisar

posts recentes

Nova rede ciclável de Lis...

Caça à multa ou ao dispar...

O estacionamento como fun...

Tuk-tuks e as bicicletas,...

Os peões e as bicicletas ...

O excesso de velocidade d...

A mobilidade sustentável ...

O lado "verde" do apoio a...

10 Dicas para a bicicleta...

A EMEL vai investir 40 mi...

tags

lisboa(222)

ditadura do automóvel(211)

ambiente(204)

bicicleta(157)

cidades(113)

portugal(112)

peões(102)

sinistralidade(74)

carro-dependência(67)

estacionamento(67)

transportes públicos(66)

bicicultura(62)

economia(57)

espaço público(57)

comboio(48)

auto-estradas(42)

automóvel(38)

trânsito(31)

energia(30)

portagens(27)

todas as tags

links

arquivos

Setembro 2016

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006