Sexta-feira, 4 de Abril de 2008

5ª e 6ª travessias rodoviárias do Tejo

Agora que a 3ª ponte com componente rodoviária sobre o Tejo está finalmente garantida, e que a 4ª travessia rodoviária Trafaria-Algés (a verde) é consensual, acho fundamental lançar o debate da 5ª e 6ª ponte rodoviária para a Grande Lisboa. Não serão obviamente projectos de desenvolvimento a serem lançados no imediato, mas num prazo de 5 a 10 anos.
A razão da antecedência deste debate é óbvia: um bom planeamento urbano. Sendo claro que são obras fundamentais para o desenvolvimento da região, ao serem já decididos estes eixos rodoviários, todo o desenho da restante rede pode já acomodar as futuras obras conseguindo-se assim um planeamento integrado e eficiente.
As minhas sugestões passam por uma construção de uma ponte Seixal-Campo das Cebolas e outra Norte de Alcochete-Lezírias-Alverca (a azul).

A primeira permitirá o desenvolvimento da zona do Seixal, antiga zona industrial que se encontra actualmente em declínio e que se encontra em clara desvantagem em termos de acessos a Lisboa. Ao entrar em Lisboa no Campo das Cebolas (que também carece de desenvolvimento) traz duas grandes vantagens: permite um fácil e directo acesso ao centro da cidade de toda a margem Sul e não sobrecarrega a estrutura viária ao seu redor. O aumento da circulação automóvel na Baixa seria compensado com um túnel desde a ponte até aos Restauradores, o aumento do número de faixas da Avenida da Liberdade (sendo também aconselhável a colocação de protecções laterais na Avenida para protecção dos peões) e a expansão do Túnel do Marquês com ligações Av. Liberdade - Av. Fontes Pereira de Melo e Av. Liberdade - R. Joaquim António de Aguiar.
A segunda facilitará o acesso ao novo aeroporto, que não se encontra no Barreiro como parece acreditar quem defendeu a 3ª travessia em detrimento desta minha 6ª, mas a Norte de Alcochete. Ao ser constituida por duas pontes, passando na zona da Lezírias, teria as vantagens de promover o desenvolvimento da região (que anda um pouco parada e cuja Reserva Natural do Estuário do Tejo teria que ser reduzida em área) e reduziria os custos de construção. Por entrar na zona de Alverca, poderia ser directamente ligada à CREL (que numa fase posterior seria fechada com uma ponte Caxias-Costa da Caparica - já fora da figura).
publicado por MC às 10:57
link do post | comentar | favorito

subscrever feeds

Google (lousy) Translation

autores

pesquisar

posts recentes

Não podemos estar indifer...

É fisicamente impossível ...

Se o estacionamento não f...

O planeamento urbano cent...

Mais estradas não resolve...

E também não, um carro em...

Não, um carro estacionado...

Até na OMS há preocupaçõe...

Os supermercados que cobr...

Até as multas ao estacion...

tags

lisboa(224)

ditadura do automóvel(216)

ambiente(208)

bicicleta(157)

cidades(114)

portugal(113)

peões(103)

sinistralidade(74)

estacionamento(71)

carro-dependência(67)

transportes públicos(66)

bicicultura(62)

economia(58)

espaço público(58)

comboio(48)

auto-estradas(42)

automóvel(39)

trânsito(33)

energia(30)

portagens(27)

todas as tags

links

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Julho 2017

Junho 2017

Janeiro 2017

Setembro 2016

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006